Siga o Noticiasdetv.com


 

 

Série

Isabella Santoni troca novelas pela série “A História De Pedro Dom”, na Amazon

Matéria publicada em

Isabella Santoni (Foto: Reprodução)

Isabella Santoni não renovou seu contrato de exclusividade de três anos com a Rede Globo. A princípio cotada para as novelas “Amor de Mãe” (de Manuela Dias) e “Salve-se Quem Puder” (de Daniel Ortiz), ela vai reaparecer na televisão na série “A História De Pedro Dom”, da Amazon Prime Video.

Na história da plataforma de vídeo por streaming concorrente da Apple TV, da Netflix, do Globoplay e do Globosat Play, ela vai interpretar uma típica funkeira do ano de 2000, com cabelo marcado, figurino sensual e piercing no umbigo. A trama conta a saga do famoso traficante Pedro Machado Lomba Neto.

Conhecido como Pedro Dom – apelido que ganha de moleques moradores das ruas do bairro de Copacabana – o traficante é um homem de classe média carioca, caçado pela polícia da região, que chefia uma quadrilha violenta, especializada em assaltar condomínios de luxo na cidade do Rio de Janeiro (Rio de Janeiro).

Filho de um ex-policial do Esquadrão da Morte, Pedro Dom é usuário de drogas desde os 9 anos e começa a roubar objetos pessoais da sua mãe aos 12 anos para sustentar seu vício. Quando se dão conta do ocorrido, seus pais vendem um apartamento para custear propinas policiais e tratamentos médicos.

Internado em 14 clínicas de desintoxicação, ele é preso no ano de 2001 por porte ilegal de armas, só que é libertado pelo juiz, que constata sua dependência química em um laudo médico. Durante o julgamento, a mãe implora para o juiz manter o filho internado em um hospital penitenciário, em vão.

Dentro do hospital penitenciário, o dependente químico praticamente forma parte de uma escola do crime, ao lado de assassinos, ladrões e traficantes, que se transformam em seus parceiros de quadrilha. Solto no ano de 2002 para tratar sua saúde, ele começa a assaltar e furtar apartamentos, sendo morto pela polícia posteriormente