Siga o Noticiasdetv.com


 

 

Série

Com Arlete Salles, Daniel Rangel e Vera Holtz, “Eu, A Vó e a Boi” estreia dia 29/11

Matéria publicada em

Vera Holtz (Foto: Estevam Avellar)

A espera acabou: Eu, a Vó e a Boi chega ao Globoplay no dia 29/11, com muito humor ácido e personagens alucinados! A nova série original desenvolvida pelos Estúdios Globo, criada e escrita por Miguel Falabella, com Flávio Marinho e Ana Quintana, foi inspirada em uma história real contada por Eduardo Hanzo no Twitter.

Nos papeis de vizinhas aposentadas que se odeiam, Vera Holtz e Arlete Salles protagonizam a produção exclusiva, ao lado de nomes como Daniele Winits, Marco Luque, Alessandra Maestrini, Stella Miranda e Daniel Rangel.

A história é contada sob a perspectiva de Roblou, um menino que acaba de fazer 18 anos e já perdeu completamente as esperanças de ver suas avós em paz.

Entenda a trama

Eu, a Vó e a Boi é uma história de inimizade de mais de 60 anos. Uma guerra declarada entre duas vizinhas capazes de tudo para prejudicar a vida uma da outra. De um lado, Turandot (Arlete Salles) e do outro, Yolanda (Vera Holtz), a “Boi”. Ao concluir que “vaca” está fora de moda, Turandot passa a chamar sua vizinha e inimiga de “Boi”.

Ninguém sabe exatamente como tudo começou, mas já aposentadas, viúvas e, portanto, dispondo de tempo livre o suficiente nas mãos, nenhuma delas tem a menor intenção de propor um tratado de paz. Separadas por uma vala que praticamente materializa a aura de ódio e rancor entre as vizinhas, vivem frente a frente as famílias das duas. Por ali, ninguém escapa ileso dos boicotes diários praticados pelas matriarcas. Quando Norma (Danielle Winits) e Montgomery (Marco Luque), filhos das rivais, se apaixonam perdidamente, tudo parece sentenciado ao caos eterno.

Em meio a esse embate, o neto em comum, Roblou (Daniel Rangel), tenta sobreviver ao ambiente hostil onde foi criado e se agarra à única oportunidade que encontra em seu caminho: Demimur (Valentina Bulc), menina cheia de sonhos com quem descobre as alegrias e as dores do amor. É pelo ponto de vista de Roblou, um tanto fragilizado, que o público acompanha as constantes desavenças entre as duas senhoras.

Eu, a Vó e a Boi é uma série original Globoplay, desenvolvida pelos Estúdios Globo. Criada e escrita por Miguel Falabella, com Flávio Marinho e Ana Quintana, a partir de uma ideia original de Eduardo Hanzo, a obra tem direção artística de Paulo Silvestrini e direção de Mariana Richard.