Cláudia Abreu será uma das protagonistas da série original “Desalma”

Cláudia Abreu (Foto: Reprodução)

Com o adiamento de “O Selvagem da Ópera” (de Maria Adelaide Amaral) para abril de 2020 na Rede Globo, a atriz Cláudia Abreu acaba de ser remanejada para viver uma das protagonistas da série original “Desalma” (de Ana Paula Maia), que vai ser exibida pela plataforma de vídeo por streaming Globoplay.

Com estreia prevista para outubro deste ano, a história de gênero de terror é ambientada em uma comunidade no interior do estado do Paraná, onde vivem três famílias descendentes de ucranianos. A direção artística está correndo sob a responsabilidade de Carlos Manga Jr (de “Se Eu Fechar Os Olhos Agora”).

Cláudia Abreu também está escalada para contracenar com Anselmo Vasconcelos, Bruno Gissoni, Guilherme Fontes, Lázaro Ramos, Mayana Neiva, Otávio Muller, Pedro Nercessian e Thalita Carauta no filme de longa-metragem “O Silêncio da Chuva” (de Lusa Silvestre). Confira a sinopse do projeto: Tudo parece calmo, tranquilo e rotineiro na já conturbada rotina do inspetor Espinosa, quando se vê em meio a uma trama misteriosa, sórdida e inacreditável. Ricardo Carvalho, importante empresário é encontrado morto, vítima de um tiro na cabeça, em seu luxuoso carro, em um estacionamento do Rio de Janeiro. Fazendo surgir dúvidas, desconfianças e reviravoltas. Encarregado de resolver o enigma, Espinosa se vê cada vez mais ligado ao caso – A viúva do empresário, Bia Vasconcelos, uma requisitada e renomada design de moda e arte, de família nobre do Rio de Janeiro, acaba se envolvendo ainda mais com Júlio de Azevedo, um professor universitário. Porém, o que ninguém esperava é o desaparecimento de Rose, secretária do falecido Ricardo Carvalho, poucos momentos depois de marcar um encontro urgente com Bia, dizendo-lhe que teria importantes revelações à recente viúva. Envolto a uma trama surpreendente, o livro se desenrola nos bairros do Rio de Janeiro, em uma história policial, romântica, misteriosa e desafiadora.