Adriana Birolli, Andréa Avancini e Narjara Turetta farão a minissérie “Jezabel”

 -  - 

 

 


Adriana Birolli (Foto: Vera Donato)

A princípio cotada para viver Laura em “O Sétimo Guardião” (de Aguinaldo Silva) e Yasmin em “Topíssima” (de Cristianne Fridman) – papéis de Yanna Lavigne e Juliana Didone – Adriana Birolli vai participar da minissérie bíblica “Jezabel”, que estreia dia 12 de maio na Record TV, no lugar de “Jesus” (de Paula Richard).

Andréa Avancini e Narjara Turetta – cujos últimos trabalhos foram, respectivamente, como Sama em “A Terra Prometida” (de Renato Modesto) e como Zildete em “O Outro Lado do Paraíso” (de Walcyr Carrasco) – também estão confirmadas na minissérie.

A história conta com o príncipe israelita Acabe (André Bankoff) e com a princesa fenícia Jezabel (Lidi Lisboa) como protagonistas principais. Seus personagens se casam por arranjo familiar, mas quem realmente manda em Acabe é Jezabel.

O elenco da minissérie bíblica “Jezabel” é formado até o momento pelos atores Adriana Birolli, Alex Brasil, Alexandre Slaviero, Aline Prado, André Bankoff, André Bicudo, Andréa Avancini, Andrey Lopes, Bárbara Reis, Bernardo Velasco, Beth Zalcman, Camila Mayrink, Cássia Linhares, Daniel Blanco, Daniel Erthal, Dudu Pelizzari, Edu Porto, Eduardo Lago, Fábio Scalon, Fernanda Nizzato, Fernando Sampaio, Flávio Galvão, Gabriel Felipe, Guilherme Dellorto, Henri Pagnoncelli, Hylka Maria, Iano Salomão, Igor Cosso, João Pedro Novaes, Juan Alba, Juliana Boller, Juliana Knust, Juliana Schalch, Juliana Xavier, Julianne Trevisol, Laís Pinho, Leonardo Cidade, Leonardo Franco, Leonardo Miggiorin, Lidi Lisboa, Luckas Moura, Milena Toscano, Mônica Carvalho, Narjara Turetta, Pedro Henrique Moutinho, Pedro Lamin, Rafael Sardão, Raphael Sander, Ricardo Pavão, Ronny Kriwat, Samara Felippo, Sthefany Brito, Talita Castro, Timóteo Heiderick, Victor Sparapane e Willian Melo.

Escrita por Cristianne Fridman, com a colaboração de Alexandre Richard, Carla Piske, Fabiana Reis, Jaqueline Corrêa, Jussara Fazolo, Stephanie Martins e Vânia Matos, a antecessora de “Gênesis” (de Gustavo Reiz) conta com a direção geral de Armê Manente, Hamsa Wood e Rogério Passos, além da direção artística de Alexandre Avancini.

bookmark icon