Com parceria inédita com Mr. Catra, Rafael Batoré anuncia projeto solo

Rafael Batoré (Foto: Divulgação)

Com 10 anos de grupo, Rafael Batoré, o Batz, integrante da ConeCrewDiretoria, está dando seus passos finais para um novo projeto solo, “Anti Herói”, que vai ser lançado em janeiro.

O rapper, que possui sua carreira marcada por sucessos como, por exemplo, “Chama os Mulekes” (com 26 milhões de visualizações) e “Pra Minha Mãe” (com 13 milhões de visualizações), vai lançar um álbum produzido por Papato, dono da Papatunes Records, que é responsável por vários hits de artistas como Anitta, Black Alien, Gabriel – O Pensador, Ludmilla, Maejor e Marcelo D2.

Com 10 músicas gravadas em parceria com BK’, Luccas Carlos, Orochi e Xamã, entre outros convidados, ele traz ainda uma grande surpresa para os fãs do saudoso funkeiro Mr. Catra, que se trata de uma faixa nacional inédita. Todo o dinheiro do direito autoral da música realizada em parceria com Mr. Catra vai ser doado para a família dele.

Batz vê o álbum como um desabafo de momentos e uma experiência de vida. Questionado sobre o que o impulsionou a seguir uma carreira paralela à banda ConeCrewDiretoria, ele explica:

“Eu passei com a Cone, na vida, muitos momentos que se acumularam em mim. Eu senti a necessidade de expor isso de forma particular, íntima, e acho que quem se identifica comigo, também gostaria de me conhecer mais, num lugar mais meu. Quando se está em uma banda com mais quatro integrantes, suas histórias, filosofias e pensamentos, seu se expressar, precisam se alinhar com o coletivo. Nesse álbum, eu trato de mim, das marcas que venho colecionando dessa estrada, minhas escolhas e experiências, meio que um desabafo. Tô trazendo participações importantes com artistas amigos, que curto o trabalho, pra contar essas histórias comigo, mas como digo em uma das músicas do álbum: Eu não saí da Cone, fim de semana nós se une, eu só vim fazer umas rimas no QG da Papatunes”.

É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo do site Noticiasdetv.com, em qualquer meio, sob pena de ação judicial por crime de violação de direito autoral.