Fábio Assunção e Mel Lisboa começam a ensaiar a peça teatral “Dogville”

 -  - 

 

 


Fábio Assunção (Foto: Divulgação)

Fábio Assunção (“Onde Nascem Os Fortes”) e Mel Lisboa (“Pacto de Sangue”) começaram a ensaiar, junto com Bianca Byington (“Brasil a Bordo”) e Selma Egrei (“Apocalipse”), a peça teatral “Dogville”, que possui como QG o Núcleo Experimental de Teatro, localizado no bairro da Barra Funda, em São Paulo (Capital).

A história do espetáculo em questão possui início quando Grace se torna uma fugitiva do FBI (Federal Bureau of Investigation) durante a época da grande depressão, motivo pelo qual é obrigada a pedir abrigo para um grupo de pessoas bondosas, pacatas e receptivas na fictícia cidade de Dogville (Estados Unidos).

Ao longo da narrativa, Grace descobre que ninguém é o que aparenta ser neste município, com a exceção de Tom, pois os anfitriões a escravizam e os moradores a violentam (fisicamente, psicologicamente e sexualmente), acreditando que ela é uma típica mulher frágil e ingênua, que faz qualquer coisa por proteção.

Com direção de José Henrique de Paula e produção de Felipe Lima, a obra – que se trata de uma adaptação do filme de Lars Von Trier – expõe uma visão pessimista sobre o comportamento humano, no qual impera o cinismo, a hipocrisia, a chantagem, a vingança, a mentira e a tensão.

Fábio Assunção possui em seu currículo trabalhos como, por exemplo, “Coração de Estudante”, “Celebridade”, “Copas de Mel”, “Paraíso Tropical”, “Negócio da China”, “Dalva e Herivelto: Uma Canção de Amor”, “Madmaria”, “Clandestinos: O Sonho Começou”, “Ti Ti Ti”, “Tapas & Beijos”, “As Brasileiras”, “Totalmente Demais”, “A Fórmula” e “Onde Nascem Os Fortes”.

Mel Lisboa possui em seu currículo trabalhos como, por exemplo, “A Herança”, “Cães Famintos”, “Presença de Anita”, “Os Normais”, “Desejos de Mulher”, “Como Uma Onda”, “Sete Pecados”, “Casos e Acasos”, “Sansão e Dalila”, “Pecado Mortal”, “As Canalhas”, “Os Dez Mandamentos”, “Lili, a Ex”, “Prata da Casa” e “Pacto de Sangue”.

bookmark icon