Thaila Ayala é cotada para protagonizar a websérie “Coisa Mais Linda”

 -  - 

 

 


Thaila Ayala (Foto: Reprodução)

Substituída por Yanna Lavigne no elenco da novela “O Sétimo Guardião” (de Aguinaldo Silva), devido à inversão com “Segundo Sol” (de João Emanuel Carneiro) na programação da Rede Globo, Thaila Ayala está cotada para protagonizar a quarta websérie original da plataforma de vídeo por streaming Netflix, “Coisa Mais Linda”.

Escrita por Leonardo Moreira e Patrícia Corso, a partir do argumento de Heather Roth e Giuliano Cedroni, a websérie “Coisa Mais Linda” fala sobre a popularização do gênero musical de bossa nova no mercado fonográfico do Rio de Janeiro, durante as décadas de 50 e 60, ao longo de oito episódios iniciais.

A história, produzida pela Prodigo Films, acompanha saga de uma mulher conservadora, Maria Luiza, que ainda depende financeiramente do seu marido, Pedro, e do seu pai, Ademar. A partir do momento em que Pedro desaparece do mapa, ela é obrigada a tocar seu projeto de restaurante no Rio de Janeiro.

Apaixonada pelo Rio de Janeiro, Maria Luiza abre mão de São Paulo e, mesmo sendo marinheira de primeira viagem no mercado de trabalho, transforma o projeto de restaurante de Pedro em uma casa noturna. Encantada com os clientes liberais que chegam até lá, ela se torna pioneira da bossa nova. O sucesso da casa noturna de Maria Luiza a leva a conhecer pessoas que desafiam a criação machista de Ademar.

“Estamos ansiosos para continuar investindo na incrível narrativa que o Brasil tem para oferecer, e nossos parceiros da Prodigo Films capturaram exatamente isso com Coisa Mais Linda. Além de ser ambientada em uma época vibrante na cultura brasileira, a série conta uma história mais ampla sobre a autodescoberta, a busca dos sonhos e a emancipação das mulheres, temas incrivelmente relevantes para o nosso público tanto no Brasil quanto no mundo”, explica Erik Barmack, vice-presidente de conteúdo original internacional da Netflix.

bookmark icon