DJ e produtor musical sueco Avicii é encontrado morto no Omã

 - 


DJ Avicii (Foto: Reprodução)

O DJ e produtor musical sueco Tim Bergling (que é popularmente conhecido pelo nome artístico de Avicii) foi encontrado morto na tarde desta sexta-feira (20), aos 28 anos de idade, na cidade de Mascate, no Omã. A causa da morte ainda não foi divulgada, pois ainda está sendo investigada pelas autoridades locais.

“É com profundo pesar que anunciamos a perda de Tim Bergling, também conhecido como Avicii. Ele foi encontrado morto em Mascate, Omã, na tarde desta sexta. A família está devastada e pedimos a todos para respeitar, por favor, a sua necessidade de privacidade nesta ocasião difícil. Declarações adicionais não serão feitas”, relata o assessor de imprensa do músico aos amigos, fãs, familiares e simpatizantes do seu cliente.

Tim Bergling (ou simplesmente Avicii) descobriu que enveredar pela concorrida carreira artística com apenas 6 anos de idade, ao remixar uma música para a trilha sonora do jogo “Lazy Jones” (de Commodore 64). Graças à música eletrônica, ele conseguiu lançar seu primeiro CD através da gravadora Strike Recordings, também chamado “Lazy Jones”.

Influenciado por artistas como, por exemplo, Axwell, Basto, Daft Punk, David Guetta, Eric Prydz, Josef Kelly, Laidback Luke, Ryan Blair, Sebastian Ingrosso, Ste Kirwan, Steve Angello e Tiësto, ele era descrito como “o único DJ capaz de chicoteamento de instrumentos e público numa apresentação completa” pelo renomado crítico Sean Russell.

Avicii foi um dos maiores nomes da música eletrônica dos últimos anos. Ele nasceu em Estocolmo e assinou com o selo “Dejfitts Plays” em 2007, aos 17 anos. Em 2013, lançou seu álbum de estreia, “True”, com o hit “Wake Me Up”, maior sucesso de sua carreira. Em 2015, lançou o álbum “Stories”.

Entre seus outros sucessos estão “Hey Brother”, “I Could Be The One”, “Waiting For Love”, “The Nights” e “Levels”. Avicii era associado aos subgêneros da música eletrônica de house progressivo, electro house e EDM.

bookmark icon