Carla Salle lidera movimento feminista na supersérie “Os Dias Eram Assim”

 - 


Intérprete de Leila na novela “Totalmente Demais” (de Rosane Svatman e Paulo Halm), a atriz Carla Salle trocou seu corte de cabelo pixie cut por um chanel – que remete ao filme francês “O Fabuloso Destino de Amélie Poulain” (de Guillaume Laurant) – para viver Maria na supersérie “Os Dias Eram Assim”.

Na próxima novela das onze da Rede Globo, escrita por Ângela Chaves e Alessandra Poggi, com a colaboração de Mariana Torres, que possui previsão de estreia para abril, ela vai viver uma artista talentosa, que recusa a se envolver com o ativismo político dos irmãos, Renato (Renato Góes) e Gustavo (Gabriel Leone). 

Com o passar do tempo, a filha de Vera (Cássia Kis) modifica seu pensamento, principalmente quando Renato é obrigado a pedir exílio no Chile para não ser morto pela ditadura militar brasileira. Ela começa a se manifestar através de poesias que criticam o sistema e a liderar um movimento feminista.

O elenco completo da supersérie “Os Dias Eram Assim” é formado pelos atores Alfredo Castro, Allexandre Colman, André Garolli, Antonio Calloni, Antônio Fagundes, Bárbara Reis, Bernardo Velasco, Bukassa Kabengele, Caio Blat, Carla Salle, Cássia Kis, Cyria Coentro, Daniel de Oliveira, Felipe Simas, Gabriel Leone, Isabella Koppel, Izak Dahora, Júlia Dalavia, Kiria Malheiros, Konstantinos Sarris, Letícia Braga, Letícia Spiller, Luiz Felipe Mello, Manu Papera, Marco Ricca, Marcos Palmeira, Maria Carolina Basilio, Maria Casadevall, Mariana Lima, Matheus Dantas, Maurício Destri, Nando Rodrigues, Natália do Vale, Pedro Chagas, Pedro Pupak, Renato Góes, Ricardo Blat, Sophie Charlotte, Susana Vieira e Xande Valois.

comments icon 0 comments
bookmark icon

Write a comment...