Peça teatral “Para Tão Longo Amor” chega ao Rio de Janeiro

 - 

 

 


Escalada para o elenco da novela “A Lei do Amor” e para o elenco da série Zózimo”, a atriz Regiane Alves protagoniza, ao lado do ator Leopoldo Pacheco, que vai participar da novela “À Flor da Pele” no ano que vem, a peça teatral “Para Tão Longo Amor”, escrita pela conceituada autora-roteirista Maria Adelaide Amaral, que chega ao Rio de Janeiro depois de uma temporada em São Paulo, sob a direção de Yara Novaes e Carlos Gradim. O espetáculo fica em cartaz entre os dias 31 de agosto e 31 de setembro no Teatro SESC Ginástico, localizado no centro da cidade maravilhosa.

Os ingressos para a peça teatral “Para Tão Longo Amor” podem ser adquiridos pela internet ou pela bilheteria do Teatro SESC Ginástico, situado na Avenida Graça Aranha, perto do metrô da Cinelândia e do Theatro Municipal do Rio de Janeiro. As sessões acontecem sempre às quartas-feiras (19h), às quintas-feiras (19h), às sextas-feiras (19h), aos sábados (19h) e aos domingos (18h). Os valores dos ingressos são: inteira (R$ 20,00), meia (R$ 10,00) e associados (R$ 5,00). O espetáculo em questão foi escrito em 1993 e se trata de uma obra de gênero dramático sobre a dificuldade que as pessoas possuem de amar e serem amadas.

Com setenta minutos de duração, a peça teatral “Para Tão Longo Amor” conta a história da poetisa Raquel (Regiane Alves) e do editor Fernando (Leopoldo Pacheco). Os dois vivem uma atração intelectual, mas, por causa de um distúrbio emocional, aquilo que tinha tudo para se transformar em uma grande história de amor, acaba se transformando em uma paixão destrutiva. Após seu livro de poesias se tornar recordista de vendas, Raquel conquista o coração do seu editor, Fernando, que abandona a sua família para ficar com ela, mas se recusa a viver esse romance com receio dos fantasmas que a inquietam.

É proibido copiar, reproduzir e reescrever, integralmente ou parcialmente, o conteúdo do site Notícias de TV, sob pena de ação judicial pelo crime de violação de direito autoral, previsto no código penal brasileiro e na legislação internacional. Os direitos referentes ao conteúdo publicado são integralmente reservados ao site em questão.

comments icon 0 comments
bookmark icon

Write a comment...