João Miguel será marido de Hermila Guedes na série “Assédio”

João Miguel (Foto: Reprodução)

Afastado da televisão desde 2015, quando viveu Hugo na minissérie “Felizes Para Sempre?” (de Euclydes Marinho), o ator João Miguel, cujo útimo trabalho foi como Ezequiel na primeira temporada da websérie “3%” (de Pedro Aguilera), exibida pela plataforma de vídeo por streaming Netflix, será marido da atriz Hermila Guedes na série “Assédio”.

Na história, seu personagem fica devastado quando descobre que sua esposa foi assediada, estuprada e sedada por um médico famoso, Roger Abdelmassih (Antonio Calloni), que é amigo de Hebe Camargo (Vera Fischer) e marido de Carolina Sacco (Paolla Oliveira), ao fazer uma tentativa de fertilização in vitro para engravidar dele.

O elenco da série “Assédio” é formado até o momento pelos atores Adriana Esteves, Antonio Calloni, Caroline Abras, Felipe Camargo, Hermila Guedes, João Miguel, Paolla Oliveira, Pedro Necessian e Vera Fischer. A adaptação do livro “A Clínica – A Farsa e os Crimes de Roger Abdelmassih” (de Vicente Vilardaga) é escrita por Maria Camargo, com a colaboração de Bianca Ramoneda, Fernando Rebelo e Pedro de Barros.

A direção geral do projeto em questão está correndo sob a responsabilidade de Guto Arruda Botelho, Joana Jabace e Marcelo Travesso, ao passo que a direção artística está correndo sob a responsabilidade de Amora Mautner.

O ator João Miguel possui em seu currículo trabalhos como, por exemplo, “Esses Moços”, “Cinema, Aspirinas e Urubus”, “Eu Me Lembro”, “Cidade Baixa”, “O Céu de Suely”, “Deserto Feliz”, “Mutum”, “Estômago”, “Bonitinha, Mas Ordinária”, “Se Nada Mais Der Certo”, “Hotel Atlântico”, “A Suprema Felicidade”, “Ex Isto”, “Era Uma Vez Eu, Verônica”, “Xingu”, “Pastores da Noite”, “Carandiru – Outras Histórias”, “Amazônia – De Galvez a Chico Mendes”, “Te Quiero América”, “A Grande Família”, “Antônia”, “Casos e Acasos”, “Ó Paí, Ó”, “O Louco dos Viadutos”, “Cordel Encantado”, “Força-Tarefa”, “Xingu”, “O Canto da Sereia”, “Gonzaga – De Pai Pra Filho”, “A Teia”, “Felizes Para Sempre?” e “3%”.