Siga o Noticiasdetv.com


 

 

Novela

Globo cancela “Malhação” e desiste de produzir “Malhação – Eu Só Quero Ser Feliz”

Matéria publicada em

Eduardo Carvalho e Marcos Carvalho (Foto: Reprodução)

Após anunciar “Malhação – Eu Só Quero Ser Feliz” (de Eduardo Carvalho e Marcos Carvalho) no lugar de “Malhação – Transformação” (de Priscila Steinman e Márcia Prates), a TV Globo resolveu que “Malhação – Sonhos” (de Rosane Svartman e Paulo Halm) não vai ter substituta. A emissora vai tirar “Malhação” do ar definitivamente.

Dirigida por Paulo Silvestrini e supervisionada por Ricardo Linhares, o elenco de “Malhação – Transformação” tinha seu elenco formado pelos atores Bella Campos, Caio Richard Macedo, Carol Castro, Carol Queiroz, Catarina de Carvalho, Faiska Alves, Fumassa Alves, Guilherme Gonella, Guthierry Sotero, Isacque Lopes, João Gabriel, Júlia Rodrigues, Juliana Nalu, Luan Argollo, Luan Borges, Malvino Salvador, Manu Morelli, Marcello Novaes, Márcio Garcia, Mel Lisboa, Melissa Fernandes, Pedro Ottoni, Nívea Maria, Peterson Chris, Regiane Alves e Stefane Eskelsen antes do seu cancelamento.

Essa era a sinopse do projeto: Rosane (Mel Lisboa) é uma cabeleireira batalhadora, que mora junto com Maria Luiza (Manu Morelli), Noêmia (Nívea Maria) e Samuel (Malvino Salvador) no bairro de Copacabana (localizado na zona sul do Rio de Janeiro). Contudo, os quatro são residentes antigos ali, ou seja, não são tão ricos assim. Samuel é baleado durante um tiroteio no trânsito, enquanto está em horário de expediente como taxista. Obrigada a sustentar Maria Luiza e Noêmia sozinha aos trancos, Rosane vai, aos poucos, descobrindo que o advogado da família, Ivan (Marcello Novaes), possui alguma relação com a morte do seu marido, que é tratada como crime de homicídio. O problema é que, nessas alturas, Maria Luiza já está se envolvendo com o filho de Ivan e Izabela (Regiane Alves), Pepê (João Gabriel Marinho).

Também dirigida por Paulo Silvestrini, “Malhação – Eu Só Quero Ser Feliz”, por sua vez, teria uma equipe de colaboradores formada por Michel Carvalho, Renata Sofia, Bruna Paixão e Barbara Duffles, além de um elenco 30% branco e 70% negro.

Essa era a premissa do projeto: Ambientada num bairro da Zona Norte do Rio, a trama se passará numa escola considerada a pior do país. Por essa razão, correrá o risco de ser fechada. Os alunos, então, vão lutar para que ela siga funcionando. Os protagonistas serão duas meninas e um menino.

Advertisement