Siga o Noticiasdetv.com


 

 

Resumo Semanal

Resumo Semanal: Novela “Nazaré”: 28/06/2021 a 02/07/2021

Matéria publicada em

Carolina Loureiro (Foto: Reprodução)

CAPÍTULO 030: SEGUNDA-FEIRA: 28/06/2021: Nazaré mente a Duarte sobre Matilde e diz-lhe que está em Lisboa em tratamentos. Ela quer saber se Duarte a ama ao ponto de largar tudo por ela. No Mercado, Matias acaba de fazer uma venda quando chega Toni e lhe diz que é o dia dele na banca. Bárbara pede ajuda a Toni para descobrir o que Nazaré anda a fazer. Verónica vai ao encontro de Gonçalo no hotel. Ela mostra-se sedutora mas Gonçalo acaba por rejeitá-la. Verónica fica fora de si. Já no lar, Félix diz a Cláudia que não perdia a 1ª ecografia por nada no mundo. Cláudia obriga-o a prometer que não vai fazer mal a Nazaré. Quando Félix se despede de Cláudia, Laura, que estava a observá-los, confronta cláudia e pergunta o porquê de tanta intimidade. Laura fala com Nazaré e Duarte e diz-lhes que possivelmente foi cláudia que estragou o plano que tinham para apanhar Félix.

CAPÍTULO 031: TERÇA-FEIRA: 29/06/2021: Nazaré pede a Duarte que tenha calma e que não acuse o tio sem provas. Duarte, não se contém, e quando o tio o aborda, acaba por perder a cabeça e dizer que o vai entregar à polícia. Félix finge-se chocado com as acusações do sobrinho. Duarte vai ter com Laura ao hotel e conta-lhe que foi atacado na Quinta no dia do incêndio e que Félix é o responsável pois fez tudo isto para ficar com a Atlântida. Laura acredita em Duarte mas será difícil provar esta teoria sem provas. No restaurante, e apesar de chateados, Toni e Matias juntam-se para ajudar a mãe. Glória chega com João e anunciam que já assinaram a escritura de sociedade. Bárbara fez o jantar numa tentativa de mostrar à família que está arrependida e que quer voltar. Dolores fica comovida com a filha e aceita-a de volta, já Luís diz que Bárbara só voltou para casa porque está sem trabalho. Duarte diz à família que vai sair de casa pois não aguenta partilhar o mesmo teto com o homem que matou o seu pai. Duarte acaba por perder a cabeça e esmurrar Félix prometendo-lhe vingança. Nazaré tenta acalmar Duarte e convencê-lo de que Félix é inocente. Duarte desconfia da postura da namorada e pergunta-lhe se Félix a esta a ameaçar. No mercado, Cris chega furioso e dá um murro a Luís. Mostra o vídeo de Carol onde Érica e Luís se envolvem. Ambos pedem justificações a Érica que não sabe o que dizer.

CAPÍTULO 032: QUARTA-FEIRA: 30/06/2021: No Mercado, Natália vai até ao quiosque beber um café enquanto partilha com Joaquim a sua felicidade por estar a conseguir aproximar-se de Duarte. Joaquim diz-lhe que já sabe o que Rui fez e Natália informa que já repreendeu o filho. Toni observa a cumplicidade dos dois e fica desconfiado. No Restaurante, Glória tenta desculpar-se e promete a Ismael que não vai deixar que Toni estrague mais os seus momentos a dois. Toni aparece e conta-lhes que viu Natália e Joaquim muito próximos e que não acha normal aquela cumplicidade toda. Glória ordena-lhe que compre uma máquina fotográfica com bastante zoom para conseguir apanhá-los em flagrante. Cris e Ana tentam convencer Nuno a investir em Júlia e a aproximar-se dela. Nuno diz-lhes que, com Amélia por perto, nunca vai conseguir ser feliz, mas os irmãos insistem que devia procurar alguém com quem partilhar a vida e que Júlia parece ser uma candidata à altura. No bar do Hotel, Duarte aparece enquanto Rui e Natália tomam o pequeno-almoço. Duarte confronta Rui com o que aconteceu com Nazaré. Muito assutado, Rui pensa que o irmão está a falar do beijo quando percebe que afinal se refere a Adolfo e à Frisado. Natália entra em defesa de Rui e diz a Duarte que o irmão fez o que fez por ele e não por Nazaré. Vemos o desconforto de Rui, perante a intervenção de Natália. Duarte, confuso com aquela nova informação, acaba por se oferecer para ajudar com um bom advogado, caso seja necessário. Já no seu quarto, Rui discute com Natália por ter ido dizer a Duarte que o que ele fez foi por ele e não por Nazaré. Natália tenta chamar o filho à razão e diz-lhe que devia ter aceite a ajuda do irmão. Rui, de cabeça perdida, informa a mãe que também é filho de António e que, por isso mesmo, é herdeiro de metade do que Duarte tem. Natália está em choque com o discurso do filho enquanto Rui lhe grita, alto e bom som, que metade da Atlântida também é dele. Natália diz-lhe, muito enervada, que se não fosse por Nazaré, ele nunca estaria contra o irmão desta maneira. Nazaré vai até ao Hotel entregar uma encomenda a Nuno enquanto falam sobre o que Rui fez e como é que vai ficar agora a relação entre a Geliré e a Frisado. Nuno avisa Nazaré para que tenha cuidado com Adolfo e, especialmente, com Amélia. Nazaré sai e Júlia desce do seu quarto e diz a Nuno que o beijo que deram não foi um erro nem um acaso. Nuno diz-lhe que ela está a sofrer pelo marido e talvez possa estar a confundir as coisas. No Lar, Matilde e Olívia reúnem o grupo de amigos para lhes comunicar que, apesar de todos os esforços, a Segurança Social vai fechar o Lar. As duas dizem-lhes que deviam ter seguido as suas diretrizes e que se tinha evitado esta situação drástica, mas Ermelinda avisa-os que não há problema nenhum pois tem uns amigos num lar na Ericeira que lhe disseram que há espaço para eles. Vânia, apesar de ainda estar chateada com Toni, vai ter com ele a casa para o ajudar com a produção do café. Toni, todo contente, diz que deviam começar a vender o café nesse mesmo dia, mas Vânia chama-o à razão e avisa-o que precisam de um nome. Ficam os dois pensativos enquanto começam a por mãos à obra. Ana lê a notícia sobre o surfista famoso que pretende abrir uma escola de surf na Nazaré. Mostra a notícia a Gil, que fica visivelmente incomodado, e diz-lhe que era uma boa oportunidade para se tornar instrutor. Gil foge à conversa e tenta, a todo o custo, desviar o assunto. Amélia vai ao encontro de Ana à Loja de Surf e conta-lhe que ouviu uma conversa entre Nuno e Cris em que falavam de Verónica. Ana fica surpreendida e Amélia acrescenta que Verónica está de volta e que Nuno e Cris lhe andam a ocultar isso. Em casa dos Soares, Dolores está a ajudar Érica a arrumar umas coisas da bebé enquanto comenta que tem pena de não ter mais disponibilidade nem para ela nem para a neta. Érica diz a Dolores que Cris agora também vai estar mais disponível para ficar com Yara. Quando Dolores vira costas, Érica toma o comprimido que Sónia lhe deu. Bernardo avisa Olívia que já tratou de marcar o casamento e fala da lua de mel. Olívia não concorda com nada das suas sugestões e diz-lhe que vai ser ela a tratar da lua de mel. Bernardo fica entusiasmado. Adolfo fala com Amélia sobre Nazaré, mas Amélia avisa-o que, como Rui se entregou, não têm nada contra Nazaré. Adolfo tem um plano na cabeça. No Mercado, Joaquim entrega a encomenda de queijos a Nuno e pergunta por Júlia com o intuito de saber se há algum avanço na investigação. Nuno, entretanto, recebe uma SMS de Ana a pedir para falar com ele. Natália aparece e convida Joaquim para lhe fazer companhia ao almoço. Nuno chega à Loja de surf e Ana pergunta-lhe porque é que não lhe contou que Verónica estava viva. Nuno diz-lhe que o fez para a proteger mas Ana, desiludida, avisa-o que assim fica muito complicado de confiar nele. No Mercado, Dolores vai avisar Glória da data das eleições e as duas pegam-se, mais uma vez, e trocam acusações. Glória pergunta a Toni pelas fotos mas este quer é divulgar o seu café, o CAFEKU. Toni entusiasmado chama todos ao Restaurante e tira cafés para dar a provar. Joaquim elogia o café mas Glória, desconfiada, quer saber onde é que Toni arranjou aquele café tão famoso e porque é que não a deixa provar. Na Quinta, Bernardo abre a porta à funcionária da Segurança Social que veio, de surpresa, ver de Alice. Bernardo diz que o primo não está e Alice também não e acaba por falar demais dizendo que Duarte e Nazaré estão separados. A funcionária da Segurança Social fica incrédula. No Lar, Matilde e Olívia arrumam tudo e preparam-se para encerrar portas. Matilde está aliviada por saber que arranjaram o tal lar na Ericeira e que têm para onde ir. Mal as duas saem, vemos Floriano, Ermelinda, João e Josué a entrarem no Lar e a prepararem-se para ali ficar.

CAPÍTULO 033: QUINTA-FEIRA: 01/07/2021: Bernardo vai à Atlântida ter com Duarte e conta-lhe do episódio com a funcionária da Segurança Social, dizendo que pensa que falou demais quando lhe disse que Duarte e Nazaré estavam separados. Duarte fica tenso, liga a Nazaré, mas esta não atende. Duarte sai, apressado, para a Quinta. Rui para na estrada após ver um carro a abandonar um cão. Está revoltado, vai ter com o animal quando Nazaré passa, na carrinha da Geliré, e se oferece para ajudar. Já na clínica veterinária, Rui diz que o cão está bem, mas que têm de arranjar alguém que fique com ele ou então vai parar ao canil. Rui pede a Érica que, no dia seguinte, entre mais cedo e Érica acede mas, para aguentar o cansaço, acaba por tomar mais um comprimido. Já na Quinta, Duarte tentar desculpar-se perante a funcionária da Segurança Social, dizendo que Bernardo tem uma doença e que, por vezes, não entende as coisas como elas são. A funcionária é seca e Duarte tenta, insistentemente, ligar a Nazaré mas sem sucesso. Joaquim está no quiosque quando se sente mal e se encosta ao balcão, a respirar fundo. Dolores repara e aproxima-se dele. Joaquim mente-lhe, diz que almoçou num restaurante da zona e que alguma coisa lhe deve ter caído mal. Sai para ir à farmácia. Nuno está a receção do Hotel, a chamar o INEM, quando Natália vem e diz que também se está a sentir mal. Nuno diz que também não está bem e que muitos hóspedes se queixam de estarem nauseados. Nuno pede a Ana que fique a tomar conta da receção. A funcionária da Segurança Social está farta de esperar por Nazaré e por Alice e Duarte já não consegue arranjar mais desculpas para a manter ocupada. De repente, Nazaré liga e Duarte conta-lhe o que se está a passar enquanto Nazaré se apressa a ir buscar Alice e seguir para a Quinta. No Hotel, Júlia avisa Nuno que o INEM já chegou, Nuno pede que o vão buscar pois não se consegue mexer. Ana está assustada e diz que o mais prudente é fecharem o hotel até se perceber o que se passa. Em casa dos Soares, Érica está visivelmente agitada quando Yara começa a ter um ataque de choro. Érica, ao não conseguir acalmar a filha, tem um ataque de pânico e liga a Cris, a pedir ajuda, mas este não atende. Nazaré entra em casa da mãe, muito aflita, à procura de Alice. Matilde diz-lhe que foi para casa de uma amiga e Nazaré conta que a Segurança Social foi à Quinta fazer uma visita surpresa e que tem medo que este atraso os possa prejudicar a eles e a Alice. A funcionária diz que não vai aguardar mais e levanta-se para sair enquanto refere que vai reportar toda aquela situação. Duarte, num ato impulsivo, agarra-a com força impedindo-a de sair. Nesse momento, Alice e Nazaré chegam e Alice consegue safar-se bem às perguntas que a funcionária lhe fez. Quando esta sai, Nazaré avisa Duarte que ela e Alice vão voltar para casa pois o lugar delas é ali junto com ele. Duarte tem medo, mas Nazaré diz-lhe que não podem por Alice em risco desta maneira. Que, se ele preferir, podem dormir noutro quarto, mas que vão ficar ali em casa com ele. Bernardo chega e diz a Duarte que tem de ir à Atlântida pois os funcionários estão todos com uma intoxicação alimentar. Joaquim chega a casa, ainda muito maldisposto, e dá com Érica também estranha. Joaquim pergunta-lhe se está tudo bem e Érica confirma. Sai para o quarto e olha, com estranheza, para a lamela de comprimidos que Sónia lhe deu. Adolfo vai até ao Hotel ver como estão as coisas e fica satisfeito por ver que o seu plano surtiu efeito. Amélia olha-o desconfiado, Júlia vai ajudando no que pode, enquanto Gil pega nas receitas para as ir levantar à farmácia quando repara que Miguel Cristo tem uma reserva feita. Júlia cuida de Nuno, que está muito debilitado, e preocupado com o Hotel e com os hóspedes. Júlia tenta acalmá-lo e fica ao seu lado até ele adormecer. Sónia cuida de Cris quando este deita a cabeça sobre o balcão da receção e diz que está sem forças para ir até ao quarto. Sónia prontifica-se a ficar ali e a ajudá-lo e diz-lhe que gosta muito dele. No bar do Hotel, Natália está muito indisposta enquanto Rui, pelo contrário, está muito feliz e diz que ele e Nazaré salvaram um cão juntos. Natália chama a atenção do filho e pede que ele se afaste de Nazaré, mas Rui recusa e diz que acha que aquele salvamento foi um sinal. Duarte chega a casa da Atlântida e diz que tiveram de fechar o refeitório e que levaram amostras para análise. Nazaré ainda tenta sugerir que durmam no mesmo quarto, mas Duarte acha melhor não e vai para outro quarto. No Restaurante, Toni e Vânia estão muito contentes com o que venderam de café e Toni até acha que deviam aumentar o preço. Adolfo chega e conta-lhes, com um certo prazer, que a Atlântida e o Hotel fecharam pois está tudo com uma intoxicação alimentar que dizem ser do peixe. Adolfo insinua que a culpa é de Nazaré e Toni sai em sua defesa. Vânia aborrece-se e vai-se embora. Érica vai ao encontro de Sónia ao bar do Hotel e pergunta-lhe que comprimidos são aqueles que ela lhe deu para tomar. Sónia confessa-lhe que são anfetaminas e Érica, de cabeça perdida, dá-lhe um sermão. Sónia pede-lhe, por favor, que não comente nada com Vânia. Ismael e Glória limpam a casa quando Toni chega e percebe que aspiraram os dejetos do peru. Toni, em pânico, pergunta-lhes onde puseram o lixo e Glória e Ismael ficam sem perceber o que é que se passa com ele. Glória insiste para que compre a máquina fotográfica e para que arranje as fotos de Joaquim e Natália o mais rapidamente possível. No Lar, Ermelinda, Floriano, João e Josué não podiam estar mais contentes por estarem sozinhos, sem regras e sem horários. Ermelinda vê a sujeira que João fez e avisa-o que não vai limpar. De repente, ficam sem luz, mas rapidamente os amigos arranjam uma solução para fazer face ao problema. Olívia partilha com Bernardo as opções que considerou para a lua de mel. Bernardo diz que não gosta de nenhuma e que queria ir para Londres. Olívia, já cansada de nunca estarem de acordo, diz a Bernardo que decida ele, mas que escolha um sítio com praia e sol. Ismael dá com Toni de saco do lixo na mão. Toni disfarça e diz que precisava da fatura da máquina fotográfica, mas Ismael fica desconfiado. Toni respira de alívio quando percebe que os dejetos do peru estão lá todos. Nazaré acorda Duarte e começa a seduzi-lo. Duarte diz-lhe que assim fica difícil de resistir. Nazaré aproxima-se da cama e ficamos nos dois a envolverem-se. Vão fazer amor.

CAPÍTULO 034: SEXTA-FEIRA: 02/07/2021: Érica comenta com Dolores o que aconteceu no Hotel e esta diz que, o que quer que tenha sido, também aconteceu noutros restaurantes pois Joaquim também se sentiu mal. No Mercado, Joaquim fala com Natália e diz-lhe que não contou a Dolores que tinham almoçado juntos e pede-lhe que mantenha segredo. Toni, ao longe, começa a fotografá-los. Joaquim conta a Natália que Nazaré voltou para casa e Natália não fica nada satisfeita. No Hotel, ainda encerrado, Nuno vê os resultados das análises alimentares e percebe que o problema foi mesmo do peixe. Nuno comenta que este acontecimento não vai abonar nada a favor de Nazaré. Natália está no quarto de Rui e conta-lhe que Nazaré voltou para a Quinta a viver com Duarte e levou Alice com ela. Rui fica de cabeça perdida e diz à mãe que não vai desistir de Nazaré. Natália fica assustada e percebe que tem um grande problema entre mãos. Matilde fala com a filha e pergunta-lhe se quer que ela também volte para a Quinta, mas Nazaré diz à mãe que não quer que ela se sacrifique mais por ela. Nuno vai até lá e avisa Nazaré que vai ser contactada pela DGS pois o polvo que vendeu tinha uma bactéria. No Lar, Ermelinda e João comentam o corte da água e começam a pensar em soluções para resolver mais um problema. Ermelinda diz a João que são eles os dois que têm de resolver pois Floriano acabou de sair do hospital e Josué está desgostoso por estar afastado da neta. Toni mostra à mãe a foto que tirou a Joaquim e a Natália. Glória quer que imprimam a fotografia mas, tanto Ismael como Toni, avisam Glória que pode ser desqualificada a um dia das eleições e que não faz sentido arriscar. Joaquim vem ter com Toni e diz-lhe que adora o seu café e quer comprar mais. Natália vai até à Atlântida, e sinuosa, tenta perceber o que levou Duarte a aceitar Nazaré de novo em casa. Duarte reconhece que foi precipitado e que precisa de Nazaré a seu lado para recuperar da melhor maneira possível. Nas traseiras do Mercado, Adolfo finge que descarrega umas caixas de peixe quando Nazaré chega. Amélia aproxima-se dele e avisa-o que, caso tenha sido ele a provocar as intoxicações alimentares, deixará de o representar. Nazaré entra apressada na Geliré e repreende Joanes dizendo que se esforça muito por manter a qualidade dos seus produtos e o bom nome da empresa. Joanes não sabe o que poderá ter acontecido e mostra a Nazaré o papel da DGS com ordem para fecharem a empresa. Nazaré está furiosa e comenta com Joanes que poderá ter sido um deslize da parte deles, mas que algo lhe diz que esta situação tem “a mão de Adolfo”. Na apreensão de Nazaré em relação ao futuro da empresa. Adolfo acaba por confessar a Amélia que foi ele quem provocou toda esta situação. Amélia repreende a sua atitude, mas, por questões de sigilo profissional, não poderá nunca dizer nada. No Hotel, Nuno agradece a Júlia tudo o que fez por ele enquanto esteve doente. Júlia confessa-lhe que não foi nada de especial e que estas coisas podem acontecer a qualquer um e é sempre bom ter alguém que nos dê a mão. Nuno quer compensá-la pela ajuda. Gil vai à Loja de surf e despede-se de Ana dizendo que vai ter de ir a casa e ficará por uns dias. Ana estranha aquela sua atitude, mas a conversa é interrompida por Duarte que vem avisá-los de que, à sua conta, a Atlântida vai deixar de usar plástico. Gil está de saída quando, sem que estivesse à espera, Ana lhe diz que vai esperar por ele. Na receção do Hotel, Cris explica a Sónia o que tem de fazer quando Érica chega e ainda vê Sónia a insinuar-se a Cris. Érica pede para falar com ela. Quando ficam as duas a sós, Érica avisa Sónia que Cris não pode ter uma recaída e que trabalhou muito para ficar limpo. Sónia garante que nunca o vai prejudicar, mas Érica faz-lhe um ultimato, ou se afasta de Cris ou conta a toda a gente que ela consome. Rui toma o pequeno-almoço quando Natália se aproxima e fala, carinhosa, com o filho. Desabafa que sempre foram próximos e que agora, desde que ali estão, sente que o está a perder. Rui olha a mãe, com alguma indiferença, e diz-lhe que talvez o esteja mesmo a perder. Nazaré está com Duarte, na Atlântida, e queixa-se de que ultimamente tudo lhe tem acontecido. Duarte diz-lhe que tem de ir à luta, como faz sempre, mas Nazaré está desanimada e tem medo de ter sido mesmo culpada e de ter levado tanta gente para o hospital. No Mercado, Dolores estranha a postura de toda a gente pois não param de se rir dela. Matilde aproxima-se da amiga e mostra-lhe um panfleto com uma fotografia de Joaquim e Natália juntamente com a frase “Não sabe cuidar de casa, vai cuidar do Mercado?”. Dolores fica em choque quando Joaquim chega e tenta explicar-se. Dolores não lhe dá a mínima hipótese e discutem perante todos os clientes e vendedores do Mercado. No Restaurante, Toni fica a saber que fecharam a Geliré e, automaticamente, fica com a sensação de que Adolfo tem alguma coisa a ver com a situação. Dolores entra pelo restaurante a dentro e confronta Glória a propósito dos panfletos. Glória, sonsa, finge que não sabe de nada. No Lar, a discussão instala-se por estarem sem água, sem luz e sem gás. Josué acha que deviam procurar um sítio com condições mas Ermelinda, não querendo sair dali, toma a decisão de encomendar uma botija de gás para que consigam cozinhar. Nazaré fala com Joanes, está de rastos, vai ter de despedir toda a gente agora que mandaram encerrar a empresa. Joanes, triste, diz à patroa que já estavam a contar com isso. Toni chega e revela que foi Adolfo o culpado de tudo pois ontem, no Mercado, já estava a acusar Nazaré ainda antes de saírem os resultados da análise alimentar.