Siga o Noticiasdetv.com


 

 

Novela

Giovanna Coimbra, Igor Cotrim e Kizi Vaz integram o elenco da novela “Gênesis”

Matéria publicada em

Giovanna Coimbra (Foto: Reprodução)

Os atores Giovanna Coimbra (“Bom Sucesso”), Igor Cotrim (“Amor de 4+1”) e Kizi Vaz (“Desconstruindo Maria”) são os novos reforços do elenco da novela bíblica “Gênesis” (de Camilo Pellegrini, Raphaela Castro e Stephanie Ribeiro), que atualmente está em sua quinta fase na Record TV. Eles vão interpretar Diná, Simeão e Kamesha.

Com sete fases ao todo, a produção também vai receber as integrações de outros atores como, por exemplo, Allana Lopes, Anselmo Vasconcelos, Bárbara Bruno, Eduardo Parlagreco, João Kalume Barreto, Juliana Xavier, Nando Cunha, Paula Jubé, Samia Abreu e Sandro Pedroso. Alguns projetos que em que eles estavam envolvidos foram cancelados.

Sinopse

Os 2.300 primeiros anos da Humanidade, com a origem de todos os seus problemas sociais e raciais. Por meio de uma decisão, o ser humano, que só conhecia o Bem e desfrutava tanto dele, escolheu também conhecer o Mal. Adão (Carlo Porto) e Eva (Juliana Boller) pagaram um alto preço, que se estendeu aos seus filhos, Caim (Eduardo Speroni) e Abel (Caio Manhente), e, em pouco tempo, se alastrou para todas as gerações seguintes, tornando-as pervertidas e injustas.

Na sequência, entra em cena Noé (Oscar Magrini), escolhido por Deus para construir uma arca que abrigará um casal de cada animal para sobreviver aos 40 dias e 40 noites do dilúvio. Não fosse Noé, não sobraria ninguém para contar essa história depois do cataclismo que se abateu sobre a Terra.

No entanto, como normalmente acontece, com a mudança de gerações, veio também o afastamento dos bons costumes e princípios que Deus achara em Noé. Um de seus descendentes, Ninrode (Pablo Moraes), não satisfeito com todo poder e liderança que já possuía, decidiu construir a Torre de Babel para chegar aos céus e não precisar ter que dar satisfação da sua vida a ninguém, inclusive a Deus. E foi assim que a Humanidade se dividiu definitivamente, criando povos e nações de diversas línguas.

Para que a Humanidade não se perdesse de novo, como aconteceu na época do dilúvio, Deus escolhe Abraão (Victor Novelo/ Zécarlos Machado), filho de Terá (Ângelo Paes Leme/ Júlio Braga). Por meio de Abraão e sua mulher Sara (Laryssa Ayres/ Adriana Garambone), uma geração separada se forma, longe da cidade, longe dos demais povos e longe dos muitos costumes da época.

Essa família escolhida entre todas as demais da Terra continua através de Isaque (Guilherme Dellorto/ Henri Pagnocelli), Rebeca (Bárbara França), Jacó (Miguel Coelho/ Petrônio Gontijo) e José (Juliano Laham). Vemos seus conflitos, além de suas decisões erradas e certeiras com todas as consequências que vêm junto.