Siga o Noticiasdetv.com


 

 

Cinema

Kizi Vaz e Rodrigo Candelot integram o elenco do filme “Desconstruindo Maria”

Matéria publicada em

Kizi Faz (Foto: Vitor Vieira)

Para entender o presente é importante conhecer o passado. Partindo dessa ideia, no Mês Internacional da Mulher, o curta-metragem “Descontruindo Maria” cria um paralelo entre mudanças históricas importantes sobre o papel desempenhado pela mulher e cenas que são resultado dos resquícios de uma sociedade tradicionalmente machista. Com uma equipe majoritariamente feminina, o filme será lançado nas redes sociais no dia 25 de março e, posteriormente, distribuído em cineclubes e festivais online e presenciais/itinerantes pelo Rio de Janeiro. O roteiro é assinado por Daniele Barizon e Camila Cohen, que também assina a direção.

As narrações ao longo do filme contam um pouco do histórico de luta por direitos e representatividade, da submissão das mulheres do período colonial – no qual o Código Civil dava àquelas casadas o status de “incapazes” – à busca por direitos no mercado de trabalho e a criação da Lei Maria da Penha. Os esquetes com situações do cotidiano ilustram o tema de cada narração e levam o roteiro aos dias atuais, em uma mistura de documentário e ficção, com atuações de Kizi Vaz, Josi Larger, Maria Fernanda Kopacheski, Bruno Suzano e Rodrigo Candelot, entre outros.

“Fizemos uma pesquisa sobre toda a jornada da mulher na sociedade, até os dias atuais, e pinçamos os momentos mais marcantes de cada era. É difícil aceitar que as mulheres ainda sofram muito preconceito, principalmente no mercado de trabalho. No meio audiovisual, por exemplo, roteiristas e diretoras não são levadas tão a sério quanto homens que ocupam as mesmas funções”, comenta a diretora Camila Cohen.

“Quase 90% da nossa equipe foi composta por mulheres, mas os homens que fizeram parte acreditaram no projeto, desde a proposta. ‘Desconstruindo Maria’ não tem o objetivo de criticar a figura masculina, mas mostrar o potencial das mulheres e o quanto a figura feminina pode agregar em diversas situações”, completa.

A programação do curta inclui uma live, que será transmitida no dia 30 de março, propondo um debate sobre o tema e permitindo que mulheres troquem experiências e sejam ouvidas. A iniciativa será aberta ao público e contará com a presença de membros da equipe e personalidades femininas.

FICHA TÉCNICA: Realização: Boneca de Pano Produções / Idealização: Camila Cohen e Josi Larger / Roteiro: Camila Cohen e Daniele Barizon / Produção executiva: Josi Larger / Direção: Camila Cohen / Direção de fotografia: Bruna Basilio / Câmera: Charles Lopes / Assistente de produção: Maria Fernanda Kopacheski / Direção de Produção: Josi Larger / Assistente de direção: Isadora Studart Vasconcellos / Direção de arte: Fabi Mix / Figurino: Gabrielle Leal / Cabelo e Maquiagem: Graciane Vazquez / Som direto: Marcio Coelho / Edição: Bruna Basilio / Arte gráfica e mídias sociais: Inove Mais Marketing Digital / Animação: I-MAGE (Thiago Moyses e Radha Nicihoka) / Edital: Retomada Cultural – SECEC – RJ

ELENCO: Narração: Camila Cohen / Déborah: Josi Larger / Fernanda: Maria Fernanda Kopacheski / Guto: Bruno Suzano / Ribeiro: Rodrigo Candelot / Márcia: Rita Torres / Joana: Kizi Vaz / Bruna: Maria Paula Pinheiro / Paula: Ana Flávia Provençano / Léo: Alexandre Amador / Bia: Camila Maia / Motociclista: André Dread / Namorada: Gabi Levask / Narração jornal eleitoral: Alexandre Moreno / Figurante: Juliana Nunes