Siga o Noticiasdetv.com


 

 

Exclusivas

Exclusivo: Júlia Rodrigues e Melissa Fernandes farão “Malhação – Transformação”

Matéria publicada em

Melissa Fernandes (Foto: Reprodução)

A influenciadora digital Júlia Rodrigues e a modelo nacional Melissa Fernandes – que também estudaram interpretação – são mais dois nomes confirmados na próxima temporada da novelinha teen “Malhação”, subtitulada como “Malhação – Transformação”, que estreia dia 11 de maio na Rede Globo, no lugar de “Malhação – Toda Forma de Amar” (de Emanuel Jacobina).

O elenco de “Malhação – Transformação” é formado até o momento pelos atores Carol Queiroz, Catarina de Carvalho, Guilherme Gonella, Guthierry Sotero, João Gabriel, Júlia Rodrigues, Luan Argollo, Luan Borges, Manu Morelli, Marcello Novaes, Márcio Garcia, Melissa Fernandes, Nívea Maria, Peterson Chris e Regiane Alves. O time está em franco processo de escalação.

Criada por Priscila Steinman e supervisionada por Ricardo Linhares, a produção em questão é escrita por Priscila Steinman e por Márcia Prates, com a colaboração de Isabel Muniz, Mário Viana e Tarcísio Lara Puiati. A direção artística está correndo sob a responsabilidade de Caetano Caruso, Paulo Silvestrini e Rafael Miranda.

A história é ambientada na cidade do Rio de Janeiro (localizada na capital do estado do Rio de Janeiro), onde um grande muro do bairro de Copacabana (situado na região da zona sul da cidade maravilhosa) divide uma escola particular com alunos ricos e uma escola pública com alunos pobres. Ao longo da trama, uma estudante da escola particular, Maria Luísa (atriz não divulgada), descobre porque seu pai taxista foi baleado durante um tiroteio no trânsito.

“Vamos falar sobre transformação em diversas camadas e possibilidades, sobre quebras de muros simbólicos, sobre questões sociais, sobre brasilidade. Para que cada personagem amadureça, é preciso que se aproprie de sua realidade, converta as adversidades em possibilidades e transforme suas frustrações em felicidade. Os personagens viverão situações que precisarão adaptar suas expectativas, aprenderão com as experiências da vida. Serão muitas oportunidades de identificação do público com as histórias abordadas”, justifica Priscila Steinman.

Advertisement