Siga o Noticiasdetv.com


 

 

Série

Ana Paula Maia e Carlos Manga Jr comemoram seleção da série “Desalma” em Berlim

Matéria publicada em

Maria Ribeiro (Foto: Reprodução)

Desalma nem chegou ao Globoplay e já é sucesso! Prevista para 2020, a série original, desenvolvida pelos Estúdios Globo, foi selecionada para um dos principais eventos de audiovisual do mundo: o Festival Internacional de Cinema de Berlim, também conhecido como Berlinale. O primeiro episódio será exibido no dia 25 de fevereiro, durante o Berlin Series Market & Conference.

Aposta da Globo no gênero, Desalma é um drama sobrenatural que se passa na pequena e misteriosa cidade de Brígida, uma comunidade de colonização ucraniana cravada no interior do Brasil, onde um acontecimento de 30 anos atrás volta a assombrar a população. Escrita por Ana Paula Maia, com direção artística de Carlos Manga Jr., a série tem nomes como Cassia Kis, Cláudia Abreu e Maria Ribeiro no elenco.

“Ver a série ser selecionada para um festival como este me enche de alegria e gratidão! Espero que as pessoas possam se emocionar e se envolver tão profundamente quanto eu enquanto escrevia essa história cheia de desafios e mistérios. Desalma poderá ser vista dentro de um dos festivais mais importantes do mundo provando que todo nosso esforço em realizar esse projeto está começando a ter seu reconhecimento”, celebra a autora Ana Paula Maia.

Para o diretor Carlos Manga Jr., é uma honra participar do Festival de Berlim:

“É um dos eventos mais sofisticados do mercado audiovisual, e fazer parte dele supera qualquer expectativa. Ele une duas coisas antagônicas, mas que juntas criam algo muito peculiar: tem tradição e ao mesmo tempo é contemporâneo. O critério para entrar é alto e cheio de fundamentos, e a cada edição esse olhar se mantém, seja na dramaturgia, nas novas linguagens ou na consistência da produção. Isso faz com que o Festival seja único. Agora é aproveitar esse momento de Desalma e fazer com que ele se torne atemporal”.

Desalma é uma série original Globoplay, desenvolvida pelos Estúdios Globo, criada e escrita por Ana Paula Maia. O drama sobrenatural tem direção artística de Carlos Manga Jr., e direção de João Paulo Jabur e Pablo Müller.