Siga o Noticiasdetv.com


 

 

Exclusivas

Exclusivo: Bruna Negendank vai emendar “Éramos Seis” com a novela “Patinho Feio”

Matéria publicada em

Bruna Negendank (Foto: Reprodução)

Atualmente no ar como Lili na primeira fase da novela “Éramos Seis” (de Ângela Chaves) – que, na segunda fase, passa a ser defendida por Triz Pariz na produção da Rede Globo – Bruna Negendank já está reservada para o elenco da próxima novela infantil do SBT, “Patinho Feio” (de Leonor Corrêa).

Complementada com as contratações de Alice Borges, Ana Vitória Zimmermann, Beatriz Jordão, Chris Couto, Cláudia Assunção e Felipe Hintze, a novela infantil “Patinho Feio” está programada para substituir “As Aventuras de Poliana” (de Íris Abravanel), mas o SBT ainda não bateu o martelo se isso vai acontecer em 2020 ou em 2021.

A novela infantil “Patinho Feio” se trata de uma livre adaptação do livro de origem dinamarquesa “Patinho Feio” (de Hans Christian Andersen), mas é totalmente baseada na versão argentina da novela “Patito Feo” (Marcelo Tinelli e Marcella Citterio) e na versão mexicana da novela “Atrévete A Soñar” (de Juan Rulfo).

A história é ambientada na cidade de São Paulo (São Paulo), onde Patrícia (Beatriz Jordão) é chamada por Antonela (Ana Vitória Zimmermann) como “Patinho Feio” por ser extremamente desengonçada. Ela sequer imagina que o diretor do hospital onde sua mãe a leva para se consultar, na verdade, é seu pai.

Quando se reencontram no hospital, a mãe e o pai de Patrícia ensaiam uma reconciliação, que é impedida por uma terceira pessoa, que é noiva do seu pai. Curiosamente, essa terceira ponta do triângulo amoroso é mãe de Antonela, fazendo com que Antonela e Patrícia fiquem sempre próximas da outra.

Além de Bruna Negendank, Cláudia Assunção também está no ar na Rede Globo, só que na novela “A Dona do Pedaço” (de Walcyr Carrasco). Ela está fazendo uma participação especial com mãe de Merlin (Cadu Libonati) e Téo (Rainer Cadete), este último que quase foi morto por Josiane (Agatha Moreira).

Advertisement