Emílio Dantas e Marieta Severo vão protagonizar o filme “Duetto”

Emílio Dantas (Foto: Reprodução)

Enquanto novos trabalhos não começam a ser gravados na televisão aberta, os atores Emílio Dantas (“Segundo Sol”) e Marieta Severo  (“O Outro Lado do Paraíso”) foram convidados para protagonizar o filme de longa-metragem “Duetto” (de Rita Buzzar), orçado em aproximadamente R$ 8.087.958,11, que conta com a direção geral de Vicente Amorim.

Confira a sinopse da trama, em primeira mão: “Duetto” se passa na Itália, na cidade de San Remo, durante o Festival de Música de 1967, e conta a história de um imaginário e humano encontro entre Cora, uma jovem brasileira de 15 anos de idade, e o famoso e controvertido cantautor italiano Luigi Tenco, horas antes de sua morte. Mas a história começa em São Paulo. Depois da trágica morte de seu pai em um acidente de carro, Cora viaja com sua avó Lúcia para San Remo, sua cidade natal. Lúcia está indo encontrar Sofia, sua irmã mais nova, sobre a venda de algumas terras da família. Elas não se vêem há quase 40 anos, porque Sofia se casou com Gino, ex-noivo de Lúcia. Entre o passado familiar e os dramas e histórias de San Remo, Cora trilhará seu caminho para a maturidade e a vida adulta.

Depois deste projeto Emílio Dantas vai contracenar com os atores Andréia Horta, Bruna Griphao, Gabriela Medvedovski, Guilherme Piva, Leopoldo Pacheco, Lúcio Mauro Filho, Mariana Ximenes, Michel Gomes, Selton Mello e Vivianne Pasmanter na novela “Nos Tempos do Imperador” (de Thereza Falcão e Alessandro Marson), que estreia lá para março de 2020.

Escrita por Thereza Falcão e Alessandro Marson, com a colaboração de Duba Elia, Júlio Fischer e Wendell Bendelack, a novela “Nos Tempos do Imperador” conta com a direção geral de André Câmara, Bruno Safadi, Guto Arruda Botelho, João Paulo Jabur e Pedro Brenelli, além da direção artística de Vinícius Coimbra. É uma continuação de “Novo Mundo”.