Maria sofre tentativa de estupro de Jurandir na supersérie “Onde Nascem Os Fortes”

 - 


Alice Wegmann (Foto: Reprodução)

Nos próximos capítulos da supersérie “Onde Nascem Os Fortes” (de George Moura e Sérgio Goldenberg), Maria (Alice Wegmann) acerta um tiro acidental em Joana (Maeve Jinkings) ao tentar matar Pedro (Alexandre Nero) e é perseguida por Jurandir (Rodrigo Garcia), que a imobiliza entre os sacos de bentonita da fábrica.

Maria consegue fugir, sofre uma tentativa de estupro de Jurandir no meio do caminho e é obrigada a executá-lo com um golpe na cabeça, em legítima defesa. Após constatar que Jurandir está morto, Maria é protegida por Aldina (Camila Márdila), Mudinho (Demick Lopes), Samir (Irandhir Santos) e Simplício (Lee Taylor).

Com medo de ser presa por causa do assassinato em legítima defesa de Jurandir, da tentativa de assassinato de Pedro e do tiro acidental de Joana, Maria é convencida por Aldina, Mudinho, Samir e Simplício a ficar escondida na Comunidade dos Anjos, onde todos guardam algum tipo de segredo cabeludo.

Enquanto isso, na fictícia cidade de Sertão, Pedro faz uma denúncia formal contra Maria para Plínio (Enrique Diaz) e nega para Hermano (Gabriel Leone) que esteja envolvido no desaparecimento de Nonato (Marco Pigossi), motivo pelo qual também arruma confusão com Cássia (Patrícia Pillar), que fica encantada com Ramiro (Fábio Assunção).

Hermano consegue encontrar Maria escondida dentro da Comunidade dos Anjos, mas desiste de tentar ajudá-la a se entregar para a polícia, a pedido dela, que é obrigada a se esconder de Plínio. O delegado seduz Aurora (Lara Tremouroux) para se aproximar de Pedro e recebe uma recompensa para caçar Maria.

Pedro autoriza Plínio a usar Hermano para prender Maria. Só que Pedro fica irritado quando descobre uma escuta telefônica de Plínio na linha telefônica de Hermano. Mais tarde, Plínio chega à Comunidade dos Anjos graças ao grampo de Hermano e pressiona Aldina, que pede para Simplício tirar Maria do local.

bookmark icon