Pedro Vinícius é Michael em “Malhação – Vidas Brasileiras”, que estreia dia 7

 - 

 

 


Pedro Vinícius (Foto: Raquel Cunha)

Na próxima temporada da novelinha teen “Malhação”, subtitulada como “Malhação – Vidas Brasileiras”, que estreia na próxima quarta-feira (7) na Rede Globo, Michael (Pedro Vinícius) é descrito como um adolescente delicado e generoso, que se identifica com o mundo da moda, pois desenha as lingeries que sua mãe vende em loja.

Apesar da compreensão da sua mãe, Michael sofre preconceito por parte dos alunos do Colégio Sapiência, coordenado por Gabriela (Camila Morgado) e dirigido por Marcelo (Bukassa Kabengele), o que, em momento algum, gera dúvidas sobre sua identidade e sobre sua sexualidade, ao contrário das expectativas criadas por seus colegas de turma.

Ele vai estudar com Alex (Daniel Rangel), Amanda (Pally Siqueira), Érico (Gabriel Fuentes), Fabiana (Giovanna Rangel), Felipe (Gabriel Contente), Flora (Jeniffer Oliveira), Garoto (Pedro Maya), Hugo (Leonardo Bittencourt), Jade (Yara Charry), Leandro (Dhonata Augusto), Márcio (André Luiz Frambach), Maria Alice (Alice Milagres), Pérola (Rayssa Bratillieri), Talíssia (Luellem de Castro), Tito (Tom Karabachian), Úrsula (Guilhermina Libanio) e Verena (Joana Borges) na escola, graças à uma bolsa de estudo.

Essa bolsa de estudo na escola é ofertada por Gabriela e Marcelo para Michael – assim como Amanda, Érico, Garoto, Leandro, Maria Alice, Talíssia e Verena – por causa de uma parceria do Colégio Sapiência com a ONG Percurso, que é administrada por Rafael (Carmo Dalla Vecchia) e Vinícius (André Luiz Miranda).

Já Alex, Fabiana, Felipe, Flora, Hugo, Jade, Márcio, Tito e Úrsula são os alunos pagantes, ao passo que a ex-milionária Pérola também consegue uma bolsa de estudo, após a prisão do seu pai.

Escrita por Patrícia Moretzsohn, com a colaboração de Chico Soares, Laura Rissin e Renata Dias Gomes, “Malhação – Vidas Brasileiras” conta com a direção geral de Giovanna Machline, Matheus Malafaia, Mayara Aguiar, Natália Warth e Thiago Teitelroit, além direção artística de Natália Grimberg. A supervisão narrativa é de Daniel Ortiz.

bookmark icon