Exclusivo: Mariana Nunes integra o elenco de “Liberdade, Liberdade”

 -  - 

 

 


É proibida a reprodução integral ou parcial do conteúdo deste site, sob pena de ação judicial pelo crime de violação de direito autoral, previsto no código penal brasileiro.

próxima novela das 23h da Rede Globo, Liberdade, Liberdade, escrita por Márcia Prates e totalmente reescrita por Mário Teixeira, que estreia em abril, sob a direção artística de Vinicius Coimbra, será uma produção em que os artistas negros terão o seu protagonismo. Uma das atrizes que também foram confirmadas no folhetim é Mariana Nunes, cujo último trabalho foi como Dina da série Dupla Identidade, que era vizinha e melhor amiga de Ray (Débora Falabella). No ar no filme de longa-metragem Alemão – Lados do Complexo, que está sendo exibido como minissérie na Rede Globo, ela também atuou em Mulheres Apaixonadas, O Brado Retumbante, A Cura, Menina Sem Qualidades e Motel.

Integram o elenco da novela Liberdade, Liberdade os atores Andreia Horta, Bruce Gomlevsky, Bruno Ferrari, Caio Blat, Dani Ornellas, Guilherme Piva, Hanna Romanazzi, Heloísa Jorge, Juliana Carneiro da Cunha, Ju Colombo, Laís Pinho, Letícia Isnard, Lilia Cabral, Maitê Proença, Marco Ricca, Mariana Nunes, Mateus Solano, Mel Maia, Nathália Dill, Olívia Araújo, Regina Duarte, Sheron Menezzes, Thiago Martins, Vitor Thiré, Yanna Lavigne, Yasmin Gomlevsky e Zezé Polessa.

A história do folhetim gira em torno de Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes, que ganha a inimizade de Dona Maria I, a rainha louca de Portugal, por perseguir o amante dela, o perigoso traficante Mão de Luva (Marco Ricca). A prisão de Tiradentes, junto com outros militantes, se dá por causa da inconfidência mineira, movimento que tenta tornar o estado de Minas Gerais uma nação avulsa para que Portugal deixe de reiná-la. Só que os participantes do movimento são exilados no exterior e, por vingança de Maria, Tiradentes é o único enforcado do grupo.

comments icon 0 comments
bookmark icon

Write a comment...