Marina Ruy Barbosa será assassinada por Jesuíta Barbosa na minissérie “Justiça”

Os atores Marina Ruy Barbosa (a Eliza de “Totalmente Demais”) e Jesuíta Barbosa (o Felipe de “Ligações Perigosas”) vão viver um casal de noivos, que atravessa uma grave crise no relacionamento por causa de dinheiro, na próxima minissérie da Rede Globo, “Justiça”, escrita pela autora-roteirista Manuela Dias, que estreia dia 22 de agosto, após o término das olimpíadas brasileiras, no lugar da novela “Liberdade, Liberdade” (de Mário Teixeira e Márcia Prates), sob direção geral de Luísa Lima e Walter Carvalho, além da direção artística de José Luiz Villamarim, com exatos vinte capítulos. Os personagens deles se chamam, respectivamente, Isabela e Vicente. 

Tudo começa quando a patricinha Isabela, uma garota fútil e rica que só pensa em si própria, descobre que o seu noivo, Vicente, perdeu todo o dinheiro e todas as posses que tinha quando a pediu em casamento. Ela se recusa a subir ao altar com um rapaz falido, já que, por conta disso, teria que diminuir o seu padrão de vida, e a sua atitude gera a revolta de Vicente, que a mata com vários tiros sequenciais. O que motiva o crime é o fato de Vicente flagrar Isabela na cama com um ex-namorado chamado Otto (ator não escalado).

O elenco completo da minissérie “Justiça”, ambientada na cidade nordestina de Recife, é formado pelos atores Adriana Esteves, Ângelo Antônio, Antônio Calloni, Camila Márdila, Cássio Gabus Mendes, Cauã Reymond, Débora Bloch, Drica Moraes, Enrique Diaz, Giovana Echeverría, Igor Angelkorte, Jéssica Ellen, Jesuíta Barbosa, Júlia Dalavia, Leandra Leal, Letícia Braga, Luísa Arraes, Marina Ruy Barbosa, Marjorie Estiano, Pedro Lamin, Pedro Nercessian, Priscila Steinman e Vladimir Brichta. O time em questão e a equipe de produção da minissérie se encontram atualmente hospedados no estado do Pernambuco para poderem realizar as primeiras gravações externas do projeto, que conta com quatro casos de justiça.

É proibido copiar, reproduzir e reescrever, integralmente ou parcialmente, o conteúdo do site Notícias de TV, sob pena de ação judicial pelo crime de violação de direito autoral, previsto no código penal brasileiro e na legislação internacional. Os direitos referentes ao conteúdo publicado são integralmente reservados ao site em questão.

É proibida a reprodução do conteúdo do site Noticiasdetv.com, sob pena de ação judicial por crime de violação de direito autoral, previsto na legislação internacional.