Público poderá criar a sua própria emissora de televisão com Apple TV

O desejo de concorrer com a plataforma de vídeo Netflix fez a Apple anunciar uma novidade para o ano de 2016: o público poderá criar a sua própria emissora de televisão, na qual a programação é totalmente personalizada, com a próxima atualização do aplicativo Apple TV para iPhone, tablet e computador. A novidade foi anunciada pelo CEO da empresa, Tim Cook, na última quarta-feira (9), durante o lançamento do iPhone 6S e do iPhone 6S Plus. Mas, a novidade depende de que os desenvolvedores de aplicativos criem um software através do sistema TVOS e do kit de desenvolvimento SDK, que serão disponibilizados pela Apple.

Isso significa que o público poderá ter acesso à sua emissora de televisão personalizada a partir de aplicativos de serviços terceirizados por criadores com experiência na área. Feito isso, o público poderá acessar o aplicativo dentro da Apple TV e selecionar o conteúdo que deseja assistir. Os aplicativos criados pelos desenvolvedores serão disponibilizados pela Apple em um outro aplicativo chamado TV App Store, semelhante ao App Store que os donos de aparelhos da marca já conhecem. A empresa também anunciou que essa atualização da Apple TV só será compatível com o iPhone 6S e com o iPhone 6S Plus, excluindo, desta forma, gerações anteriores. 

No que se refere à nova Apple TV, através do Siri, o público poderá pedir, por comando de áudio, que sejam exibidas  as opções de programas, filmes, séries, novelas, jogos e desenhos de acordo com a categoria, gênero, autor, diretor, emissora, artista ou assunto. O aplicativo vasculha até mesmo a programação da HBO, da Netflix e do Showtime, mas é necessário ser assinante de uma destas plataformas de conteúdo para poder assistir a atração escolhida. A intenção da Apple é que o público da televisão também seja produtor de conteúdo. A empresa acredita que esse seja o futuro da televisão mundial.