Exclusivo: Maria Vitória é presa após assédio de Teodoro na novela “Tempo de Amar”

Vitória Strada (Foto: João Miguel Júnior)

Nos próximos capítulos da novela “Tempo de Amar” (de Alcides Nogueira e Bia Corrêa do Lago), Maria Vitória (Vitória Strada) descobre que está grávida de Inácio (Bruno Cabrerizo), motivo pelo qual é expulsa de casa por José Augusto (Tony Ramos) e despachada para o convento da Irmã Imaculada (Bete Mendes).

Após uma passagem de tempo de nove meses, a neta indesejada de José Augusto é cedida em adoção para Josefina (Giselle Prattes) e Martim (Erik Marmo), que, apesar de serem inférteis, sonham em formar uma grande família. Por causa da perda da filha, Maria Vitória decide procurar Inácio no Brasil.

Durante o trajeto de navio, que sai de Portugal, Maria Vitória se torna amiga de Felícia (Amanda de Godoi), Giuseppe (Guilherme Prates), Helena (Jessika Alves), Natália (Giulia Gayoso) e Tomaso (Ricardo Vianna), porém, sua viagem começa a se tornar problemática ao sofrer assédio sexual da parte de Teodoro (Henri Castelli).

O comandante da embarcação chama a atenção de Teodoro, que fica indignado ao ter seu machismo contestado na frente dos passageiros. O deputado truculento volta a apresentar comportamento abusivo contra Maria Vitória e distorce seu depoimento, com o objetivo de fazer com que a filha de José Augusto seja presa.

Ameaçado de morte por Giuseppe e Tomaso, Teodoro volta atrás em seu depoimento e o comandante acaba libertando Maria Vitória da prisão do navio. Só que os dois se reencontram mais adiante no Cabaré Maison Dorée, no Rio de Janeiro, cuja proprietária é a famosa cafetina Madame Lucerne (Regina Duarte).

Madame Lucerne usa um golpe de uma falsa bolsa de estudo para transformar Felícia, Helena e Natália em prostitutas do Cabaré Maison Dorée, mas Maria Vitória se recusa fazer parte do seu casting. Teodoro é cliente de longa data do empreendimento e não acredita que ela não seja uma prostituta.

É proibida a reprodução do conteúdo do site Noticiasdetv.com, sob pena de ação judicial por crime de violação de direito autoral, previsto na legislação internacional.