Exclusivo: Começam as gravações da novela bíblica “Apocalipse” no Rio de Janeiro

Gabriel Reif (Foto: Reprodução)

Começaram nesta semana as gravações da próxima novela bíblica da Record TV, “Apocalipse” (de Vívian de Oliveira), que está programada para substituir “O Rico e Lázaro” (de Paula Richard) a partir do dia 7 de novembro. A equipe está começando a produção pela primeira fase, que é ambientada no ano de 1987.

Oswaldo (Gabriel Reif/Marcos Winter), Alan (Maurício Pitanga/Eduardo Galvão), Raquel (Melissa Nóbrega/Juliana Silveira) e Felipe (Jandir Ferrari) são os primeiros nomes convocados para essas gravações iniciais. Ao longo da trama, eles se casam com Letícia (Juliana Xavier/Luiza Tomé), Susana (Carolina Oliveira/Mônica Torres), César (César Borges/Fernando Pavão) e Sabrina (Laura Kuczynski/Flávia Monteiro).

No início da história, dirigida por Edson Spinello, Oswaldo é namorado de Sandra (Cacau Melo), só que ela se recusa a visitá-lo em uma penitenciária de segurança máxima, após ele ser condenado a seis anos de prisão, por causa de um atentado que deixa Felipe em coma durante duas décadas.

Quando sai da prisão, o filho de Teresa (Joana Fomm) se apaixona por Letícia e desta relação nasce a protagonista do folhetim, Zoé (Gabriella Saraivah/Juliana Knust). Felipe, por sua vez, só sai do coma na terceira fase, momento em que revê seu filho, André (Kadu Schons/Sidney Sampaio), assim como Sabrina.

Da relação de Alan e Susana nasce Benjamin (Pedrinho Mello/Guilherme Winter), que, mais tarde, forma quarteto amoroso com Zoé, Melina (Thaís Melchor) e Ricardo (Luiz Eduardo Toledo/Sérgio Marone). O casal sofre com a inveja ferrenha dos seus supostos melhores amigos, Adriano (Felipe Cunha/Eduardo Lago) e Débora (Manuela do Monte/Bia Seidl).

Já Raquel e César se tornam pais de Lorena (Isabella Koppel), porém, o casamento não possui um futuro feliz, ao contrário dos demais personagens convocados para gravação. A enfermeira esconde de todo mundo o motivo de tantos hematomas no seu corpo. Ela sofre com a violência doméstica do policial diariamente.