Exclusivo: Vera Holtz será mãe das cinco protagonistas da novela “Orgulho e Paixão”

Vera Holtz (Foto: Divulgação)

Com o fim de “A Lei do Amor” (de Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari) e o adiamento de “O Sétimo Guardião” (de Aguinaldo Silva), Vera Holtz será mãe de cinco mulheres na próxima novela das 18h da Rede Globo, “Orgulho e Paixão” (de Marcos Bernstein), que estreia em março.

Na história romântica, que se trata de uma adaptação do livro de literatura estrangeira “Orgulho e Preconceito” (de Jane Austen), sua personagem corresponde à matriarca Senhora Bennet, porém, ainda não foi divulgado se os nomes foram adaptados pelo autor-roteirista à realidade brasileira, pois a trama se passa em São Paulo.

Descrita como uma mulher moralista e superprotetora, Senhora Bennet é mãe de Catherine (17 anos), Elizabeth (21 anos), Jane (23 anos), Lydia (15 anos) e Mary (19 anos), cujas intérpretes ainda não foram selecionadas pela produção de elenco da equipe do projeto. A família sobrevive do plantio e da colheita de café em São Paulo.

Catherine é descrita como uma personagem ingênua e teimosa. Ela se sente uma sombra de Lydia, que, por sua vez, é descrita como uma personagem ambiciosa e manipuladora. Como Lydia é a caçula da família, Senhora Bennet sempre passa a mão na sua cabeça e coloca a culpa em Catherine.

Elizabeth é descrita como uma personagem preconceituosa e superficial, que não gosta de levar desaforo, ao passo que Jane é descrita como uma personagem romântica e sensível. Já Mary é adepta do sincericídio e foge dos eventos da alta sociedade ao se refugiar na literatura, pois gosta de ficar sozinha.

Sucessora de “Novo Mundo” (de Thereza Falcão e Alessandro Marson) e “Tempo de Amar” (de Alcides Nogueira e Bia Corrêa do Lago) na programação global, a novela “Orgulho e Paixão” conta com a direção geral de Alexandre Klemperer, Bia Coelho e Teresa Lampreia, além da direção artística de Fred Mayrink.