Letícia Sabatella e Andreia Horta dividem posto de vilã na novela “Tempo de Amar”

Letícia Sabatella (Foto: Ramón Vasconcelos)

Em nome do amor platônico que sente pelo produtor de vinho José Augusto (Tony Ramos), que é seu patrão, a empregada doméstica Delfina (Letícia Sabatella) vai ser capaz de tudo para manter sua confiança na próxima novela das 18h da Rede Globo, “Tempo de Amar”, que estreia dia 26 de setembro.

No início da história, ambientada no ano de 1927, Delfina cria Maria Vitória (Vitória Srada), a única herdeira de José Augusto, junto com sua própria filha, Tereza (Olívia Torres), de uma forma bastante liberal para a época extremamente conservadora. Só que ela delata o romance da menina com Inácio (Bruno Cabrerizo).

Descrita como uma vilã ágil, articuladora, complexa, humilde, impulsiva e inteligente, Delfina entrega o namoro de Maria Vitória e Inácio quando sua relação com José Augusto fica ameaçada por causa desse segredo. A partir de então, a funcionária recupera a confiança do patrão, que é apontado como pai de Tereza.

O posto de vilã da trama é dividido com a burguesa Lucinda (Andreia Horta), que, por sua vez, é filha de Reinaldo (Cássio Gabus Mendes) e sobrinha de Emília (Françoise Forton). Ela é quem salva a vida de Inácio depois de um assalto à mão armada, que o deixa cego.

Quando Maria Vitória reaparece na vida de Inácio, Lucinda não se conforma com o que acredita ser uma falta de consideração com ela e se faz de vítima por ter salvo a vida do rapaz. Ela faz de tudo para a rival se casar com o universitário Fernão (Jayme Matarazzo).

Escrita por Alcides Nogueira e Bia Corrêa do Lago, com a colaboração de Bíbi Da Pieve e Tarcísio Lara Puiati, a partir do argumento de Rubem Fonseca, a novela “Tempo de Amar” conta com a direção de Adriano Melo, Bruno Martins, Felipe Louzada, Jayme Monjardim, João Boltshauser e Marcelo Travesso.