Lara Tremouroux será filha de Alexandre Nero na supersérie “Onde Nascem Os Fortes”

Lara Tremouroux (Foto: Divulgação)

Após viver Sandra em “Babilônia” (de Gilberto Braga, Ricardo Linhares e João Ximenes Braga), Priscila em “Não Se Apega, Não” (de Juliana Peres e Mariana Torres) e Catarina em “Filhos da Pátria” (de Bruno Mazzeo), Lara Tremouroux vai interpretar a filha de Alexandre Nero na supersérie “Onde Nascem Os Fortes”.

Na história, que possui previsão de estreia para abril do ano que vem na Rede Globo, a atriz vai viver uma sanfoneira bastante arretada. A trama é ambientada no fictício município de Sertão. Só que as gravações estão previstas para acontecer na cidade de Cabaceiras, localizada no estado da Paraíba.

A narrativa é centrada no assassinato misterioso do irmão de Maria (Pâmela Tomé), que é disputada por Hermano (Gabriel Leone) e Simplício (Lee Taylor). O mandante é o personagem do ator Alexandre Nero, que possui como objetivo subornar o juiz Ramiro Curió (Fábio Assunção) para se livrar da condenação.

Ao longo da trama, Maria descobre que o responsável pela morte planejada do seu irmão é o pai do seu próprio namorado, Hermano, motivo pelo qual retorna ao município de Sertão em busca de justiça e vingança contra sua família. A partir de então, ela também acaba se envolvendo com Simplício.

O elenco da supersérie “Onde Nascem Os Fortes” é formado até o momento pelos atores Alexandre Nero, Alice Wegmann, Débora Bloch, Fábio Assunção, Gabriel Leone, Irandhir Santos, Jesuíta Barbosa, José Dumont, Lara Tremouroux, Lee Taylor, Pâmela Tomé e Patrícia Pillar. As gravações possuem início em janeiro do ano que vem.

Escrita por George Moura e Sérgio Goldenberg, a produção em questão conta com a direção geral de Isabella Teixeira, Luísa Lima, Marcus Figueiredo e Walter Carvalho, além da direção artística de José Luiz Villamarim. Se trata da sucessora da supersérie “Os Dias Eram Assim” (de Ângela Chaves e Alessandra Poggi).

É proibida a reprodução do conteúdo do site Noticiasdetv.com, sob pena de ação judicial por crime de violação de direito autoral, previsto na legislação internacional.