Anna Rita Cerqueira integra o elenco da novela “A Lei do Amor”

Após viver Yarin na segunda temporada da novela “Os Dez Mandamentos” (de Vívian de Oliveira), na qual fez triângulo amoroso com Quenaz (Bruno Ahmed) e Tales (Danilo Mesquita), a atriz Anna Rita Cerqueira está de volta à Rede Globo. Ela vai integrar o elenco da segunda fase da novela “A Lei do Amor” (de Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari), que fica no ar até abril do ano que vem, quando estreia a próxima novela das nove da emissora carioca, “À Flor da Pele” (de Glória Perez), dirigida por Davi Lacerda, Luciana Oliveira, Pedro Vasconcelos, Roberta Richard e Rogério Gomes. 

A atriz Anna Rita Cerqueira iniciou a sua carreira em 2003, vivendo Pandora, personagem da atriz Juliana Lohmann, na infância, na novela “O Beijo do Vampiro”. Depois, ela fez trabalhos como “Eterna Magia”, “A História de Ester”, “Malhação 2010”, “A Vida da Gente”, “José do Egito”, “Milagres de Jesus”, “Confissões de Adolescente”, “Malhação – Casa Cheia” e “Os Dez Mandamentos”, sendo que os dois últimos foram os mais importantes. Quando ainda era menor de idade, ela chegou a perder um papel importante na novela “Verdades Secretas”, no núcleo que acabou sendo formado pelas atrizes Agatha Moreira, Bella Piero, Camila Queiroz e Mariana Molina.

Em “Malhação – Casa Cheia”, ela viveu Flaviana, uma vilã que, além de infernizar o trio de protagonistas, Anita (Bianca Salgueiro), Benjamin (Gabriel Falcão) e Sofia (Hanna Romanazzi), transformou o visual de uma garota patinho feio, Micaela (Laís Pinho), para obrigá-la a se vingar de Martin (Hugo Bonemer), em represália por levar um toco do rapaz. Já em “Os Dez Mandamentos”, a sua personagem, Yarin, morreu após se casar com Quenaz e ter um filho. Curiosamente, em “A Terra Prometida” (de Renato Modesto), esse filho é Otniel (Leonardo Miggiorin), que vira o primeiro juiz de Israel após a conquista de Canaã.