Débora Falabella, Ísis Valverde e Paolla Oliveira vão protagonizar a novela “À Flor da Pele”

As atrizes Débora Falabella, Ísis Valverde e Paolla Oliveira foram escolhidas como protagonistas da próxima novela da autora-roteirista Glória Perez, chamada À Flor da Pele, que vai entrar no ar a partir de maio de 2017 na Rede Globo, na sequência de A Regra do Jogo (de João Emanuel Carneiro), Velho Chico (de Edmara Barbosa e Bruno Barbosa Luperi com supervisão de Benedito Ruy Barbosa) e Minha Sagrada Família (de Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari). A direção geral é de Pedro Vasconcelos e a direção artística é de Rogério Gomes. A sua sucessora, por sua vez, é uma novela de Thelma Guedes e Duca Rachid.

Atualmente, a atriz Débora Falabella está gravando a série Nada Será Como Antes, de Guel Arraes, João Falcão, Jorge Furtado e Mauro Wilson, que estreia em setembro na emissora carioca. A atriz Ísis Valverde, por sua vez, está fora do elenco da novela Sonha Comigo, de Maria Helena Nascimento com supervisão de Ricardo Linhares, que estreia em novembro no lugar de Haja Coração, substituta de Totalmente Demais. Já a atriz Paolla Oliveira viveu Melissa na novela Além do Tempo, de Elizabeth Jhin, que foi substituída por Êta Mundo Bom em janeiro deste ano.

Fazem parte do elenco da novela À Flor da Pele – que vai falar sobre temas ainda pouco explorados, como, por exemplo, amor, diversidade cultural, psicologia e transexualidade, além de ser ambientada em Manaus, cidade situada no estado da Amazônia – até o momento atores como Aimée Madureira, Ana Beatriz Nogueira, Antônio Calloni, Bruna Marquezine, Cauã Reymond, Chay Suede, Débora Falabella, Emílio Dantas, Ísis Valverde, José de Abreu, Lilia Cabral, Paolla Oliveira e Sérgio Guizé. Os testes para a composição do elenco ainda não começaram porque a prioridade na escalação definitiva é da sua antecessora, Minha Sagrada Família, que aguarda a definição dos seus últimos nomes antes de passar o bastão.

É proibido reproduzir, reescrever ou copiar, integralmente ou parcialmente, o conteúdo do site Notícias de TV, sob pena de ação judicial pelo crime de violação de direito autoral, previsto no código penal brasileiro. Todos os direitos são reservados.