Sheron Menezzes é Bertoleza na novela “Liberdade, Liberdade”

Na próxima novela das onze da Rede Globo, Liberdade, Liberdade, que estreia dia 11 de abril, antecedendo as olimpíadas e a exibição da minissérie Justiça, desenvolvida pela autora-roteirista Manuela Dias, a atriz Sheron Menezzes, que viveu a Paula de Babilônia, vai defender Bertoleza, uma escrava negra que é alforriada e criada como nobre em Portugal por Raposo (Dalton Vigh), pai de André (Caio Blat), que também adota Joaquina (Mel Maia/Andreia Horta).

Raposo é um fidalgo nobre e de bom coração que se compadece da situação de Bertoleza e de Joaquina, levando-as para morar no exterior junto com André pelo fato de Joaquina ser filha de Tiradentes (Thiago Lacerda), simples fato que a coloca em uma situação complicada perante as autoridades, que querem executá-la, assim como fizeram com o pai e com a mãe dela, Antônia (Letícia Sabatella). É do interesse de Raposo que André se case com Bertoleza ou Joaquina, ideia que não é muito bem aceita por sua irmã, Dionísia (Maitê Proença), que administra os bens da família enquanto eles vivem na Europa.

A novela Liberdade, Liberdade é escrita por Mário Teixeira a partir do argumento de Márcia Prates. Sob a direção geral de André Câmara e Pedro Brenelli, o folhetim conta com a direção artística de Vinicius Coimbra. Integram o elenco os atores Andreia Horta, Aramis Trindade, Bruce Gomlevsky, Bruno Ferrari, Bukassa Kabengele, Caio Blat, Chris Couto, Dani Ornellas, David Junior, Gabriel Palhares, Genézio de Barros, Guilherme Piva, Hanna Romanazzi, Heloísa Jorge, Juliana Carneiro da Cunha, Ju Colombo, Laís Pinho, Letícia Isnard, Letícia Sabatella, Lilia Cabral, Maitê Proença, Marco Ricca, Marcos Oliveira, Mariana Nunes, Mateus Solano, Mel Maia, Nathália Dill, Nikolas Antunes, Olívia Araújo, Osmar Prado, Regina Duarte, Ricardo Pereira, Rômulo Estrela, Sheron Menezzes, Thiago Lacerda, Vitor Thiré, Yanna Lavigne, Yasmin Gomlevsky e Zezé Polessa. 

É proibida a reprodução e a modificação, integral ou parcial, do conteúdo do site Notícias de TV, sob pena de ação judicial pelo crime de violação de direito autoral, previsto no código penal brasileiro.