Paulo Vilela vai viver midianita na segunda temporada da novela “Os Dez Mandamentos”

O ator Paulo Vilela, que se destacou como o personagem César na série Conselho Tutelar, foi convocado para reforçar o elenco da segunda temporada da novela bíblica Os Dez Mandamentos, exibida pela Rede Record, com autoria de Vivian de Oliveira, que vai perder todo o seu núcleo egípcio, já que a trama vai se focar na chegada dos hebreus à Israel daqui em diante. A direção geral desta nova fase está sob a responsabilidade de Vivianne Jundi, pois Alexandre Avancini deu início aos workshops da substituta do folhetim, A Terra Prometida, que estreia em junho, com autoria de Renato Modesto.

Na história, o ator, que também atuou em Álbum de Família, Os Campeões, Preso na Rede, Lascados, Amor Proibido, Tropa de Elite, A Teia, A Grande Família, Edifício 256, Linha Direta, O Cupido, Carandiru, Malhação, Escrito nas Estrelas e Beleza Pura, vai interpretar Natan, um midianita que trabalha como servo de Jetro (Paulo Figueiredo) e é manco de uma perna. O núcleo midianita não iria aparecer mais na trama, só que a equipe da novela bíblica optou por trazê-lo de volta graças ao apelo do público. A nova temporada de Os Dez Mandamentos também contará com Francisca Queiroz e Leonardo Vieira no elenco.

A história agora vai girar em torno dos castigos que os hebreus, os egípcios e os midianitas vão receber durante a jornada pelo deserto por não acreditarem na promessa de Deus. Graças à rebeldia de alguns deles, todos vão pagar as consequências, caminhando durante quarenta anos em círculo pelo deserto, momento em que chegarão à cidade de Jericó e serão tratados como inimigos pelos reis nativos dali.

É proibida a reprodução e a modificação, integral ou parcial, do conteúdo do site Notícias de TV, sob pena de ação judicial pelo crime de violação de direito autoral, previsto no código penal brasileiro.

É proibida a reprodução do conteúdo do site Noticiasdetv.com, sob pena de ação judicial por crime de violação de direito autoral, previsto na legislação internacional.