Juan Alba e Leonardo Vieira são cotados para o elenco da novela Josué e a Terra Prometida

Os atores Juan Alba e Leonardo Vieira foram submetidos à uma bateria de testes para a seleção do elenco da próxima novela bíblica da Rede Record, ‘Josué e a Terra Prometida’, escrita por Renato Modesto, que estreia em meados de julho de 2016 no lugar da novela de época ‘Escrava Mãe’, substituta da novela bíblica ‘Os Dez Mandamentos’, sob a direção de Alexandre Avancini. Ainda não foi batido o martelo sobre a terceirização da produtora paulista Casablanca, pois há a intenção de manter na ativa a mesma equipe de ‘Os Dez Mandamentos’ e toda a estrutura que o Recnov pode oferecer. 

O elenco da novela bíblica ‘Josué e a Terra Prometida’ conta até o  momento com os atores Alexandre Slaviero, Giuseppe Oristânio, Jéssika Alves, Juan Alba, Júlia Fajardo, Leonardo Vieira, Marisol Ribeiro, Miriam Freeland, Sidney Sampaio e Thaís Melchior. A história gira em torno da chegada de Oséias e Calebe à terra prometida por Deus, em Israel, após a caminhada de quarenta anos pelo deserto. Moisés não sobrevive ao deserto e Oséias, rebatizado como Josué, torna-se o seu sucessor na libertação dos escravos hebreus do Egito. A trama possui início quando os hebreus guerreiam contra o povo que tomou conta da cidade de Jericó, que ainda não é o destino final deles: Canaã. 

O ator Juan Alba gravou recentemente a minissérie ‘Dois Irmãos’, que foi adiada para 2016 na Rede Globo. Caso seja confirmado na produção bíblica da Rede Record, ele vai aparecer em dose dupla nas duas emissoras. O seu último trabalho, que chegou a ir ao ar, foi a novela ‘Alto Astral’. Entre os seus trabalhos recentes também estão ‘Plano Alto’, ‘Milagres de Jesus’, ‘Dona Xepa’, ‘Rebelde’ e ‘A História de Ester’. Já Leonardo Vieira está de férias desde o fim da novela ‘Vitória’. Entre os seus trabalhos recentes estão ‘José do Egito’, ‘Vidas em Jogo’, ‘Os Mutantes’, ‘Caminhos do Coração’ e ‘Prova de Amor’.

É proibida a reprodução do conteúdo do site Noticiasdetv.com, sob pena de ação judicial por crime de violação de direito autoral, previsto na legislação internacional.