Resumo Semanal: Novela “A Terra Prometida”: 18/02/2019 a 25/02/2019

 -  - 

 

 


Day Mesquita (Foto: Edu Moraes)

CAPÍTULO 149: SEGUNDA-FEIRA: 18/02/2019: Todos devem pensar que Aruna foi morta por Zaqueu, diz Samara ao armar plano com Tobias. Mara deve se banhar no sangue de cabra para se tornar uma grande feiticeira, diz Racal. Sama e o bebê correm riscos sérios, diz Darda. Para saber se estão aprontando, Léia diz que irá procurar Samara e Tobias. O pai deve dizer que ama Tirda (Priscilla Uba), aconselha Gael. Sama está melhor e ao perceber isso, Boã (Tatsu Carvalho) se anima. O assassinato de Zaqueu e Aruna é tramado por Samara e Tobias e Léia flagra. Da coalisão proposta por Adonizedeque, Pirã e Debir, obrigados, aceitam fazer parte. Caso coloquem o plano em prática, os filhos serão delatados, avisa Léia. Ula deve ser chamada até o palácio por Abul (Joelson Medeiros), pede Adonizedeque. Para Quemuel (Raymundo de Souza), Tobias diz ter recuperado a memória. Sobre o chamado do rei, Ula é avisada por Abul. Durante a noite, Mara, sorrateira, deixa a tenda. Aos nobres, Ula deve contar uma de suas histórias, pede Adonizedeque. Com o sangue de cabra, o ritual é iniciado por Mara e Racal. Com o rei, Ula pede para falar a sós. Sobre Mara, o sangue é jogado por Racal. Adonizedeque se declara para Ula e Úrsula flagra. Com Aruna, Josué tem um pesadelo. Adonizedeque diz que vai executar a ex-mulher e Úrsula, ao ouvir, se choca. É preciso obter informações o quanto antes do inimigo, avisa Josué. Com os cadáveres das prisioneiras, Adonizedeque conversa. Boã e Ruth dão carinho e atenção para Sama. É preciso fazer que Léia volte a apoiá-la, diz Samara. Abul deve libertar sua mãe e avó, pede Úrsula. De Raabe, Salmon se despede. A coragem de Otniel (Leonardo Miggiorin) é agradecida por Calebe (Milhem Cortaz). Adonizedeque vai se casar com ela, avisa ao retornar à taberna Ula. Vai impedir, diz Mireu. O bebê de Raabe deve ser usado no sacrifício de morte, diz Mara ao mostrar a criança para Racal. Dos prisioneiros que vigiam o quarto das prisioneiras, Úrsula finge precisar da ajuda. O bebê de Raabe é avlo de plano de captura por Mara e Racal. Ao ver que as prisioneiras estão mortas, Abul fica chocado ao entrar no quarto. No local secreto, o oficial é flagrado por Adonizedeque, quando este chega. O general precisa ser executado, avisa o rei. O Gilgal é deixado por Salmon e Otniel. Dá uma ordem a Abul, Adonizedeque ao avisar que sua vida será poupada. De Boaz, Raabe cuida sozinha. A captura do bebê é planejada por Racal e Mara.

CAPÍTULO 150: TERÇA-FEIRA: 19/02/2019: Raabe pode ser distraída por ele, diz Racal. A rainha e a rainha mãe fugiram de Jerusalém, deve dizer Abul à Úrsula, pede Adonizedeque. Vai acabar com Finéias (Rafael Queiroz), diz Bogotai (Marcelo Argenta). Os estrangeiros são elogiados pelo sacerdote, inocente. Ao saber que sua mãe e avó conseguiram escapar, fica aliviada Úrsula. Para se declarar para Tirda, Haniel tenta arrumar um jeito. Zaqueu é procurado por Tobias. Com Ula, não vai permitir que o pai se case, avisa Úrsula. Em Tobias, Zaqueu diz não acreditar. No palácio, Ula deverá dormir, diz Adonizedeque. No quarto do pai, Úrsula quebra tudo. Quemuel e Yana devem ser flagrados por Léia, diz Samara em conversa com Tobias ao falar de um plano. Precisa ir ao palácio, diz Mireu à Ula. Uma caravana de mercadores indo na direção de Jerusalém é avisatada por Salmon e Otniel. De comerciantes de escravos se vestem eles ao atacarem os mercadores.

CAPÍTULO 151: QUARTA-FEIRA: 20/02/2019: Escravos são libertos por Salmon e Otniel quando eles entram na cidade inimiga. Mandisa e Bomani, mulher e filho de Zuma (Iran Meu Nego), estão entre os cativos. O caminho do acampamento é indicado a eles por Salmon e Otniel. No palácio, chega Ula. É preciso um jeito de aproximar Quemuel e Yana, diz à Samara, Tobias. Grita Racal por socorro ao fingir passar mal. Corre para ver o que houve Raabe ao escutar o pedido de ajuda. Boaz é capturado por Mara ao aproveitar o momento. Ao ver que o bebê sumiu, Raabe se desespera ao retornar à tenda. Lina (Naiumi Goldoni) atende Salmon e Otniel. Com o bebê de Raabe, Mara chega à margem do acampamento. Ula pede para descansar um pouco, sem saída. O sumiço de Boaz é avisado por Racal, cínico, aos hebreus. Na taberna, Lina, Salmon e Otniel conversam. Para aproximar Quemuel e Yana, um plano é armado por Samara e Tobias. Com Mara e o bebê, Racal se reencontra. Para amparar Raabe, Aruna diz que vai até sua tenda. Até a tenda de Darda, vai Tobias fingindo dor de cabeça. Na taberna se hospedam Salmon e Otniel. O sumiço do bebê de Raabe é avisado pelos outros hebreus por Zaqueu. A criança será procurada, avisam Calebe e Pedael (Ernani Moraes). À Deus, Raabe pede ajuda. O ritual de sacrifício do bebê é iniciado por Mara e Racal.

CAPÍTULO 152: QUINTA-FEIRA: 21/02/2019: Mara e Racal dão início ao ritual de sacrifício do bebê. O feiticeiro desenha um símbolo na testa de Boaz e faz o mesmo com a vilã. Aruna ampara Raabe. Ula recebe os cuidados dignos de uma rainha. Ela se recorda dos difíceis momentos ao lado de Kamir. Adonizedeque estranha o comportamento de Mireu. Gael aconselha Haniel a tratar melhor Tirda. Tobias encontra com Samara e entrega um preparado para fazer Quemuel dormir. Mara reclama da demora no ritual de sacrifício do bebê. Adonizedeque encontra um papiro escrito por Úrsula o ameaçando. Haniel e Gael são avisados sobre o sequestro do bebê de Raabe. Preocupado com o sumiço de Úrsula, Adonizedeque avisa que adiará o casamento com Ula. Enquanto procuram por Boaz, Jéssica e Iru escutam o choro do bebê. Eles se aproximam da margem do acampamento e flagram Racal com o neném. Iru desembainha a espada e ameaça o cananeu. Jéssica corre e pega Boaz no colo. Mara vem chegando com uns gravetos na mão e se esconde antes de ser vista. Racal tenta reagir, mas é ferido pelo jovem guerreiro hebreu. Iru e Jéssica correm para levar o bebê de volta à mãe. Mara então se aproxima para verificar se Racal está vivo. O feiticeiro agoniza e suplica por ajuda. Com medo de ser descoberta também, a vilã se recusa a ampará-lo e foge. Tobias entrega um chá para Quemuel beber. Haniel presenteia Tirda com flores e ela começa a espirrar. Ula retorna para a taberna. Salmon reconhece Mireu. O guerreiro decide se separar de Otniel para buscarem mais informações. Jéssica entrega o bebê à Raabe. Orias repara as marcas na testa de Boaz e diz que o neném estava sendo preparado para ser sacrificado. Samara procura por Yana na tenda de Darda e mente dizendo que Tobias está passando mal. Quemuel bebe o chá com Tobias e começa a sentir sonolência. Irritado com o sumiço de Úrsula, Adonizedeque esbraveja com os cadáveres das prisioneiras. Yana chega até a tenda de Samara e é golpeada por Tobias. Lina se espanta ao ver Úrsula em sua casa. Léia chega em casa e vê Quemuel dormindo ao lado de Yana. Raabe agradece a atitude de Jéssica. Léia grita de raiva e expulsa Yana de sua tenda. Calebe conclui que alguém ajudou Racal a sequestrar o bebê. Lina faz as vontades de Úrsula. Adonizedeque ordena que Abul organize uma busca a sua filha. Racal é encontrado gravemente ferido pelos hebreus. Samara conversa com Léia e diz que pode ajudá-la a se livra r de Yana. Em troca, a vilã pede permissão para executar Zaqueu e Aruna. Quemuel tenta se explicar com Léia. Bastante ferido, Racal diz que só dará explicações para Mara. Léia diz concordar com a proposta de Samara. Disfarçado, Otniel tenta tirar informações de Mireu. O oficial se assusta ao encontrar Úrsula em sua casa. Racal pede para falar a sós com Mara. Ele tenta chantagear a vilã e pede para ela ajuda-lo a fugir. Mara então começa a sufoca-lo e grita por ajuda, fingindo que o cananeu passou mal. Darda se aproxima e avisa que Racal está morto. Yana procura Aruna e avisa que deixará o acampamento. Josué pressiona Mara e pergunta o que Racal falou antes de morrer.

CAPÍTULO 153: SEXTA-FEIRA: 22/02/2019: Josué pressiona Mara e pergunta o que Racal falou antes de morrer. A vilã mente e diz que o cananeu confessou ter tido a ajuda de Bogotai. Aruna pede para Yana desistir de deixar o acampamento e diz que sentirá sua falta. Samara agradece a confiança de Léia. Úrsula pede para Mireu fazer o rei esquecer Ula. Ir e Isaque buscam Bogotai. Orias diz que jamais deixará de vigiar o bebê de Raabe. Bogotai avista Finéias e golpeia Isaque e Iru. Ele parte para cima do sacerdote e entra no tabernáculo. Eleazar é avisado e segue para o local sagrado. O sumo sacerdote encontra o cananeu morto. Zareg conta que Bogotai quis vingar Cosby. Quemuel tenta se explicar com Léia, mas ela se recusa a perdoá-lo. Darda e Yana concluem que Samara e Tobias tramaram a falsa traição de Quemuel. Zareg explica a razão do desejo de vingança de Bogotai. Otniel reencontra com Salmon e diz que Mireu parece ser um cara legal. Mara tem um pesadelo com Racal. Josué diz que tem uma surpresa para mostrar a Zuma. O guerreiro núbio se emociona ao reencontrar Mandisa e Bomani, sua esposa e filho. Gael aconselha Haniel a presentear Tirda. Zuma diz que voltará para Núbia com a família. Haniel tenta comprar algo para Tirda na tenda de Elias. Boã cuida das esposas. Haniel compra um vestido cafona para Tirda. Léia descobre que Tobias pediu um preparado para dormir a Jesana. Tirda finge ter gostado do vestido, mas avisa que Haniel não precisa se incomodar de novo. Léia encontra Samara e Tobias. Ela avisa que descobriu toda a verdade. Lina se irrita com o comportamento de Úrsula em sua casa. Léia pede para falar a sós com Yana. Úrsula vai até a casa de Lina e se depara com a princesa Úrsula. Léia revela toda a verdade para Yana e pede para ela permanecer no acampamento. Mireu conversa com Úrsula e revela o envolvimento com Ula. A princesa fica satisfeita e avisa que eles estão do mesmo lado. Aruna fica feliz ao saber que Yana permanecerá em Gilgal. Úrsula diz já saber como fazer o rei esquecer Ula. Sem culpar os filhos, Léia pede perdão a Quemuel. Mireu caminha pelas ruas de Jerusalém com Úrsula e reconhece Salmon.

bookmark icon