Resumo Diário: Novela “Carrossel”: 14/11/2018: Quarta-Feira

 -  - 

 

 


Carrossel (Foto: Reprodução)

CAPÍTULO 071: QUARTA-FEIRA: 14/11/2018: Jaime começa a tocar gaita e Cirilo começa a fantasiar que está dançando ao lado de Maria Joaquina novamente. Paula comenta com Cirilo que a roupa dele para a festa está pronta. José ensina Cirilo a dançar a coreografia para a música “O Bom”. O mendigo Bituca aparece na Escola Mundial e pede para conversar com Helena sobre Cirilo. Olívia fica perplexa e diz para Graça e Firmino o colocarem para fora. Firmino vai à sala chamar Helena para falar com Bituca, que conta a Helena que Cirilo está triste porque não foi escolhido para dançar com Maria Joaquina. Bituca pergunta à professora se ela não pode ajudar o garoto. Maria Joaquina despreza Cirilo ao dizer que pode dançar com qualquer pessoa, menos ele. Helena conta a Bituca que Cirilo gosta de Maria Joaquina, mas ela o maltrata. Chega o grande dia da festa anual da Escola Mundial. Cirilo está pronto para a festa, antes de sair de casa ele faz uma oração para conseguir dançar com Maria Joaquina. O garoto fantasia que ele e Maria Joaquina são eleitos Rei e Rainha da festa anual. Os pais dos alunos começam a chegar à Escola Mundial, que está especialmente decorada. Helena afirma a Maria Joaquina que Cirilo é o único que pode dançar com ela. A professora diz que se ela quiser dançar tem que ser com Cirilo. Marcelina comenta que não vê problemas em dançar com Cirilo. Valéria pede para Marcelina não ceder às vontades de Maria Joaquina. Paula costura o vestido de Laura. Firmino anuncia a apresentação dos alunos do terceiro ano, mas a turma está atrasada. Olívia pergunta a Suzana onde está Helena e seus alunos. Olívia pede para Firmino anunciar que a turma do terceiro ano vai se apresentar após o intervalo. Suzana chega à sala e diz a Helena que sua turma está atrasada. Orgulhosa, Maria Joaquina afirma a Helena que não vai dançar. Helena e os alunos se preparam para subir ao palco. Maria Joaquina fica sozinha na sala. Graça entra na sala e pergunta à menina por que ela não vai dançar. Olívia dá 5 minutos para Helena organizar as crianças para a apresentação. Suzana conta a Olívia que Paulo faltou à apresentação. Ela diz que Helena não tem experiência com eventos, é indisciplinada. Com o apoio de Graça, Maria Joaquina decide dançar, mas ao lado de Laura e Alícia, que também estão sem par. Firmino anuncia a apresentação do terceiro ano, diz que os alunos farão uma coreografia da música “O Bom”. Os alunos sobem ao palco e começam a dançar. No meio da apresentação, Cirilo puxa Maria Joaquina e os dois começam a dançar juntos. Ao final, os alunos são ovacionados pelo público. Lilian comenta com Roberto que Paulo poderia estar recebendo os aplausos. Paulo está sozinho em casa, diz a si mesmo que não queria ter ido à festa. Helena abraça Maria Joaquina e a elogia por ter dançado com Cirilo. Para não dar o braço a torcer, a menina diz que dançou com Cirilo só para não perder o dinheiro que gastou com o vestido. Olívia dá parabéns a Helena pela apresentação dos alunos. Um homem suspeito observa a casa de Maria Joaquina.

CAPÍTULO 072: QUINTA-FEIRA: 15/11/2018: Na casa abandonada, os garotos brincam com um sapo de brinquedo. Eles planejam assustar as meninas na sala de aula. Paulo fala mal de Maria Joaquina e Cirilo parte para cima dele. Valéria recebe um mensagem de Davi, que conta que Paulo vai soltar um sapo de brinquedo na sala. Valéria combina com Alícia de avisar a diretora Olívia. Alícia sugere que as duas consigam um sapo de verdade para assustar os meninos. Jaime e Mário desafiam Paulo a entrar no quarto secreto da casa abandonada. Maria Joaquina e Joana vão tomar sorvete, um homem as segue. Na escola, Maria Joaquina diz a Laura que as gordas não fazem falta. Helena repreende a patricinha. Cirilo encontra o mendigo Bituca na rua e o agradece. Mário pergunta a Paulo se ele está com o sapo de brinquedo. Daniel tenta persuadir Paulo a não assustar as meninas. Davi vai até Valéria e pede para ela não contar a ninguém sobre o sapo. Valéria conta que a única menina que sabe é Alícia. Alícia está com o sapo de verdade guardado em seu armário, ela mesma o caçou. Por pouco, a menina não é flagrada pela diretora Olívia, que pergunta o que ela está fazendo fora da sala. Olívia pede para Alícia dizer a Helena que precisa conversar com ela. Em reunião com Helena e Suzana, Olívia afirma que vai começar os preparativos para a excursão ao parque estadual. Paulo solta o sapo de brinquedo na sala, as meninas sobem nas carteiras em desespero. Valéria desmaia, Davi tenta reanimá-la. Na diretoria, Olívia ouve a gritaria dos alunos do terceiro ano. Helena, Olívia e Suzana chegam à sala. Helena tenta conter os alunos e pede para as meninas descerem das cadeiras. Olívia brada a Helena e aos alunos que o projeto de excursão para o parque estadual foi cancelado por indisciplina dos alunos. Suzana envenena Olívia contra Helena. Carmen diz a Helena que Valéria está desmaiada. Helena tenta acordar Valéria. Jaime brinca que Davi vai ficar viúvo antes de casar. Davi chega da sala e conta aos meninos que Valéria sofreu um ataque do coração e vai ficar ao lado dela nos últimos momentos. Cirilo culpa Paulo. Davi retorna da sala e revela aos meninos que Valéria morreu. Helena passa um pouco de água gelada em Valéria e ela acorda rapidamente. Valéria confessa à professora que fingiu para assustar os meninos. Cirilo brada aos garotos que todos serão presos por matar uma amiga. Alícia troca o sapo de brinquedo de Paulo por um de verdade. Helena comenta com os alunos que é estranho aparecer tantos animais na sala de aula. O sinal do recreio toca, Mário pede para Paulo levar o sapo para o pátio. Durante o recreio, Valéria pede para as meninas observarem a reação dos meninos, pois será muito divertida. Paulo pega o sapo da caixa e ao sentir que é de verdade o solta no pátio. Os meninos começam a gritar e sobem nos bancos do pátio. Na sala de aula, Cirilo fala da casa abandonada a Helena, ele diz que é mal assombrada. Os meninos pedem para Cirilo calar a boca. Helena afirma ao garoto que fantasmas não existem. O homem que seguia Maria Joaquina entra na casa abandonada onde os garotos se encontram. Ele conversa com um amigo. Os dois planejam entrar na casa de Maria Joaquina. Misteriosos, eles dizem que está tudo planejado, sabem toda a rotina da família Medsen.

CAPÍTULO 073: SEXTA-FEIRA: 16/11/2018: É final de semana e os alunos vão à biblioteca da Escola Mundial para pesquisar histórias sobre assombrações, pois vão fazer uma expedição à casa abandonada. Em meio às prateleiras, eles encontram dois livros do século XIX, que falam sobre fantasmas. Paulo e Mário estão de vigia no pátio da escola. Olívia chega à escola. Mário vai avisar Firmino que a diretora está no pátio. Firmino tenta distraí-la. Paulo vai à biblioteca e conta aos alunos que a diretora Olívia está na escola. Todos ficam desesperados e se escondem como pode. Eles decidem se reunir na casa de Jaime para conversar sobre a casa abandonada. Jonas, irmão de Jaime, começa a contar histórias assustadoras sobre assombrações. Valéria e Davi vão à casa de Firmino no domingo. Valéria pergunta a ele sobre a história da casa abandonada, pois estão fazendo uma pesquisa. Firmino revela que um casal de idosos morava lá, mas morreram em uma viagem que fizeram à Europa, desde então a casa está abandonada. Em reunião na casa de Maria Joaquina, as garotas discutem sobre os mistérios da casa abandonada. Valéria afirma às garotas que tem um fantasma na casa abandonada, uma mulher que tira a própria cabeça. Jaime revela aos garotos que ele e Paulo foram à casa abandonada e descobriram uma passagem para os fundos.

bookmark icon