- 

Resumo Semanal: Novela “Os Dez Mandamentos”: 12/07/2018 a 13/07/2018


Leonardo Vieira (Foto: Reprodução)

CAPÍTULO 204: QUINTA-FEIRA: 12/07/2018
Moisés enterra os ossos de Jetro. Moisés e os familiares se emocionam ao chegarem na frente da casa de Jetro, em Midiã. Um grande ritual é realizado na sala do trono. Sacerdotisas dançam sensualmente e uma em especial está ao centro. Balaque e Elda olham satisfeitos. Emma avisa à Betânia que Cosby está no palácio. O ritual termina e a sacerdotisa que está ao centro é Cosby. Betânia chega para abraçar a filha, mas não é recebida com o mesmo entusiasmo. Algum tempo se passa. Balaque se apavora ao descobrir que seus filhos estão mortos. Ele se apavora e lembra que a palavra de Balaão se cumpriu. Cosby chega e corre para abraçar o pai. O rei diz que essa maldição tem que ter fim, e Zur diz que Balaão está cada vez mais poderoso, sendo procurado por todos os reis da região. Josué e Eleazar ficam preocupados ao saberem que o povo está murmurando. Uma nuvem em cima do tabernáculo vira fogo e Deus fala com eles. O Senhor diz para Moisés falar com a rocha, que dela sairá água. Moisés, em um momento de raiva, bate a ponta do cajado duas vezes com força na rocha e a água jorra por ela. O povo fica feliz e corre para se saciar. Deus chama por Moisés e pergunta porque ele bateu na rocha, se era para apenas falar com ela. Deus avisa que não permitirá que eles conduzam o povo para a Terra Prometida. A coluna se mexe, indicando que é hora de partir. O fenômeno vai guiando o povo pelo deserto. Algum tempo se passa. Arão diz a Moisés que chegou a hora. Arão se despede de todos e sobe ao monte Hor, acompanhado por Moisés e Eleazar. Ele avisa que está pronto para conhecer Deus.

CAPÍTULO 205: SEXTA-FEIRA: 13/07/2018
No alto do Monte Hor, Arão se despede de Moisés e Eleazar. O Libertador escreve sobre a morte de Arão. Algum tempo se passa e Moisés diz palavras de força e apoio aos guerreiros hebreus. Seom reúne outros reis de reinos próximos para traçarem uma estratégia contra o povo hebreu. O rei de Hesbom diz ter um trunfo. Ele avisa que a esposa de Oren é cunhada de Moisés. Moisés avisa que quer Adira viva. Oren avisa ao filho Ezequiel sobre o perigo que Adira está correndo. Em conversa com Noemi, Joana diz que sente um conforto por saber que Arão está junto de Deus. Gahiji pede para Bezalel manter a fé pois eles encontrarão Leila. Betânia alerta Cosby sobre o caráter de Balaão. A menina a desrespeita e Betânia lhe dá um tapa no rosto. O general faz sinal para Adira passar com Leila e Baraquias, mas, de repente, outros soldados surgem e barram a saída deles. O general grita, ordenando que Adira e os seus fujam. Eles começam a lutar contra os soldados do rei. No acampamento, os hebreus cantam louvando a Deus em volta da fogueira. Oren leva o filho ferido até a casa de Jair. O rei é informado sobre a fuga de Oren e seus familiares. Adira, Leila e Baraquias chegam ao acampamento dos hebreus. Gahiji se emociona ao rever sua amada. Oren, Talita e Jair tentam salvar a vida de Ezequiel. Gahiji e Leila se abraçam emocionados. Ele agradece a Deus por reencontra-la. Adira abraça Gerson e Eliezer. Seom avisa que Oren pagará caro por ter lhe traído. Leila apresenta Baraquias a Gahiji. Em seguida ela abraça as filhas de Abigail e Zelofeade. Eliezer dá notícias para Adira sobre os seus filhos. Zípora e Moisés se emocionam ao reencontra-la. Bezalel chora de emoção ao reencontrar sua mãe.

bookmark icon