Resumo Diário: Novela “O Direito de Nascer”: 16/02/2018: Sexta-Feira

 - 


Guilhermina Guinle (Foto: Reprodução)

CAPÍTULO 003: SEXTA-FEIRA: 16/02/2018
Dom Rafael pergunta o que está acontecendo e Mamãe Dolores, mais uma vez, dá uma desculpa que convence o patrão. Alfredo Martins passa a noite no bordel de madame Lina. Ele conta o que aconteceu para Cecília, que critica sua atitude e diz que foi por culpa de um homem como ele que acabou se tornando uma prostituta. Desesperada pelo abandono e com medo da reação de seu pai, Maria Helena tenta se suicidar com um punhal, mas é impedida por Mamãe Dolores. Dona Conceição volta a pressionar a filha para que lhe diga o nome de seu namorado, mas Maria Helena se recusa a revelar seu nome.  A mãe avisa a filha que depois do café da manhã vai levá-la ao médico para descobrir o porquê do seu desmaio e Maria Helena se desespera. Antes de fugir do país, Dom Ramiro vai até a empresa para tentar pegar os documentos que o comprometem, mas um funcionário não permite e o expulsa da empresa. A condessa Vitória finge ter esquecido a rivalidade que tem com a família Gonzalez e pede ao sobrinho que convide Emília para um chá em sua casa. Maria Helena se recusa a ir ao médico. Conceição não entende a atitude da filha e ela acaba confessando que se entregou ao seu namorado e espera um filho dele. Dom Rafael recebe os documentos que provam que há anos está sendo roubado pelo seu sócio e decide denunciá-lo à polícia. Enquanto isso, Dom Ramiro decide deixar o país imediatamente antes que seja preso. Dona Conceição culpa Mamãe Dolores por esconder o que estava acontecendo com sua filha. Maria Helena confessa para sua mãe que Alfredo Martins é o pai do filho que espera.

bookmark icon