Resumo Diário: Novela “Luz do Sol”: 16/02/2018: Sexta-Feira

 - 

 

 


Luma Costa (Foto: Reprodução)

CAPÍTULO 025: SEXTA-FEIRA: 16/02/2018
Rosa é firme e diz ao pai que foi ela quem chamou Cléo e Marcelo, pois se ele não tivesse mentido, não precisaria saber quem é e de onde veio por outras pessoas. Agenor quer levá-la para casa, mas Rosa reage e o enfrenta. Cléo e Marcelo ficam pasmos com a postura da menina. Verônica quase joga água para apagar o fogo do curto-circuito quando Tom debela o incêndio com o extintor. Ao invés de agradecer, Verônica reclama que ele sujou tudo e começa mais um bate-boca entre ambos, até que numa explosão a luz de apaga. Leonardo jura para Lorena que esta foi a última vez que ele caiu nas suas armadilhas e sai do hotel aborrecido. Zoe chega ao condomínio chorando e esbarra em Rick, que a ampara. Rosa rejeita a idéia do teste de DNA, pois seus pais são aqueles que a criaram e não a família rica. Marcelo lembra que houve um crime e que a família biológica dela irá investigar, o que poderá levar Agenor e Eliana para a cadeia. Rosa promete colaborar para que a investigação seja evitada e que nada aconteça aos seus pais adotivos. Stella pede ajuda de Ângela para obter a informações da polícia sobre o caso de Drica e para mexer nas investigações. Em troca, a matéria será exclusiva dela. Zoe desabafa com Rick , que acaba lhe passando uma cantada. Na escuridão, Tom e Verônica discutem e se esbarram. Quando os bombeiros chegam, flagram o casal aos beijos no chão, com Tom avisando com cinismo que já dera um jeito o fogo. Bernardo diz ao pai ter certeza de que Rosa é Drica e Milena desdenha dele, lembrando que a própria Stella não sentiu nada ao encontrar a menina. Marcelo surpreende Belquiss dormindo numa cama armada no meio de seu apartamento, com as mãos enfaixadas e o rosto deformado, segundo ela por um pequeno acidente. Verônica tem um sonho erótico com Tom e acorda revoltada. Nicanor pede a Tom para se atracar menos com Verônica e prestar atenção à filha Georgi, que anda muito tristinha. Na praia, Georgi vê Duda sendo agarrada por Yan, numa brincadeira com sua turma. Agenor devolve o dinheiro ao comprador de seu criatório, que não aceita o prejuízo e se embola com ele numa briga. Sem saber da briga com o comprador, Rosa fica sabendo que o pai foi preso e acha que a culpa é de Marcelo e Cléo. Eliane não consegue tirar o marido da cadeia, que a manda de volta para casa e que não saia do lado da filha. Rosa pega carona com um casal para Niterói. De lá, acompanhada da senhora, pega a barca para o Rio. Um pivete leva a bolsinha de rosa com todo seu dinheiro. Ela corre atrás do moleque e quase é atropelada. Um motorista de táxi resolve dar carona a Rosa até o meio do caminho. Ela salta e fica com medo de se perder. Ela vaga pelo calçadão até que vê Bernardo. Os dois se encaram.

bookmark icon