Resumo Diário: Novela “O Direito de Nascer”: 15/02/2018: Quinta-Feira

 - 


Guilhermina Guinle (Foto: Reprodução)

CAPÍTULO 002: QUINTA-FEIRA: 15/02/2018
Dom Rafael pressiona a filha para que lhe diga o que está escondendo. A menina, assustada, não sabe o que responder, mas é ajudada por Mamãe Dolores que mente ao patrão. No dia seguinte, toda a sociedade de Havana comenta sobre o escândalo na casa da família Juncal. Emília, irmã de Horácio, está muito impressionada com Jorge Luiz e o convida para almoçar em sua casa. Mamãe Dolores procura Alfredo Martins por toda a cidade e acaba encontrando-o cabaré. Bêbado, ele começa a ler a carta em voz alta e se diverte com as palavras de Maria Helena. Mamãe Dolores arranca a carta de suas mãos antes que ele diga o nome da filha dos Juncal. Alfredo volta para casa completamente bêbado e se surpreende ao ver que seus pais estão fugindo. Alfredo conta aos pais que estava namorando Maria Helena de Juncal, mas Dom Ramiro fica furioso e ameaça deserdar o filho caso em decida se casar com ela. Depois que todos já estão dormindo, Alfredo Martins vai às escondidas à casa da família Juncal e diz a Maria Helena que não quer mais se casar. Ela lembra que está grávida, mas ele, covardemente, diz que nunca pensou em casamento. Dona Conceição chega no momento em que Alfredo está indo embora, mas não consegue reconhecê-lo. Ao encontrar a filha chorando desesperadamente, ela pergunta quem era o homem que estava saindo e Maria Helena se limita a dizer que era eu namorado e se recusa a dizer seu nome. Dona Conceição pressiona Mamãe Dolores.

CAPÍTULO 003: SEXTA-FEIRA: 16/02/2018
Dom Rafael pergunta o que está acontecendo e Mamãe Dolores, mais uma vez, dá uma desculpa que convence o patrão. Alfredo Martins passa a noite no bordel de madame Lina. Ele conta o que aconteceu para Cecília, que critica sua atitude e diz que foi por culpa de um homem como ele que acabou se tornando uma prostituta. Desesperada pelo abandono e com medo da reação de seu pai, Maria Helena tenta se suicidar com um punhal, mas é impedida por Mamãe Dolores. Dona Conceição volta a pressionar a filha para que lhe diga o nome de seu namorado, mas Maria Helena se recusa a revelar seu nome.  A mãe avisa a filha que depois do café da manhã vai levá-la ao médico para descobrir o porquê do seu desmaio e Maria Helena se desespera. Antes de fugir do país, Dom Ramiro vai até a empresa para tentar pegar os documentos que o comprometem, mas um funcionário não permite e o expulsa da empresa. A condessa Vitória finge ter esquecido a rivalidade que tem com a família Gonzalez e pede ao sobrinho que convide Emília para um chá em sua casa. Maria Helena se recusa a ir ao médico. Conceição não entende a atitude da filha e ela acaba confessando que se entregou ao seu namorado e espera um filho dele. Dom Rafael recebe os documentos que provam que há anos está sendo roubado pelo seu sócio e decide denunciá-lo à polícia. Enquanto isso, Dom Ramiro decide deixar o país imediatamente antes que seja preso. Dona Conceição culpa Mamãe Dolores por esconder o que estava acontecendo com sua filha. Maria Helena confessa para sua mãe que Alfredo Martins é o pai do filho que espera.

bookmark icon