Resumo Diário: Novela “Ribeirão do Tempo”: 15/01/2018: Segunda-Feira

 - 

 

 


Eduardo Lago (Foto: Reprodução)

CAPÍTULO 225: SEGUNDA-FEIRA: 15/01/2018
Vera sugere que Joca fique hospedado na casa de Adriana. A moça é nova na cidade e não tem nenhuma ligação com o detetive. Por isso, não levantará suspeitas. Marisa liga para Arminda e avisa que conseguiu um lugar para Joca. Ela só precisa que o levem ao local. Tito e Filomena discutem. Ela demonstra sua insatisfação com a demissão de Mateus. A moça é incisiva e diz que a partir daquele momento, a única coisa que os une é o contrato. Mateus vai embora da pousada. Antes de sair, Filomena despede-se dele. O piloto diz que ainda ficará alguns dias em Ribeirão e que eles ainda podem se encontrar. Ajuricaba chega em casa e fica sabendo que André foi embora. O delegado vai ao quarto de sua filha e criticado duramente por ela. A jovem diz que também está pensando em sair de casa. Patrícia discute com Lincon por ter convencido seu filho a sair da casa de seus sogros e ter deixado Sônia. Tito se lembra dos bons momentos com Filomena e se arrepende de suas atitudes. Querêncio bebe demais devido à ausência de Marisa. Diana vai até o prefeito e avisa que Claudel chegou para o jantar. Querêncio oferece cachaça para o francês. Arminda chega e Claudel, que começou a ficar alterado graças à bebida, se anima com a empresária. Bruno conta para Karina e Célia, o segredo de Teixeira. Ele diz que o advogado engravidou uma jovem na Europa. A menina abortou, e graças à uma complicação, morreu. Por esse motivo, Teixeira começou a ser perseguido. Depois da reunião, Querêncio sobe para dormir. Claudel pede à Arminda que mostre sua casa. Diana acompanha o casal e sugere que o francês veja o quarto de Arminda. Na saia justa, a empresária bate na porta, dando sinal para que Joca se esconda. O detetive vai para baixo da cama. Marisa e Adriana aguardam no ponto de encontro que combinaram com Arminda. Elas estranham a demora e decidem ligar para a empresária. Arminda consegue dispensar Claudel e vai ao quarto, levar algumas coisas para Joca, que está faminto. Em seguida, o detetive sai pelo telhado e encontra a empresária, que o espera com o carro ligado. Nicolau assina um cheque para Lincon e pede que Lílian leve junto com a rescisão de contrato para o jornalista. O Senador recebe um telefonema do presidente de seu partido e toma conhecimento que o vice Presidente da República renunciou.

CAPÍTULO 226: TERÇA-FEIRA: 16/01/2018
Célia e Bruno tentam impedir que Karina saia para se encontrar com seu noivo. A jovem os convence sobre a importância de sua presença ao lado de seu futuro esposo e o casal acata. Arminda leva Joca até o ponto de encontro combinado com Marisa para esconder o detetive. O casal discute no trajeto porque a empresária não assume o relacionamento que possuem. Eles chegam ao local e Adriana vai logo abraçando Joca, para o espanto de Arminda. Marisa explica que a dançarina é nova na cidade e o detetive não correrá nenhum risco já que a moça não levantará suspeitas. Arminda fica com ciúmes ao ver a proximidade do casal. Antes de partir, a empresária chama Joca para conversar reservadamente. Dominada pelo ciúme, ela tenta, em vão, convencê-lo a se hospedar em outro local. Marisa chama o detetive e os três partem. Nicolau fala com Lilian e Ivo sobre a manchete da renúncia do vice-presidente que sairá na próxima edição de seu jornal. Karina fala com Flores sobre sua insegurança em ser a futura primeira dama. O professor não perde tempo e canta a moça. Sereno vai ao encontro de Marta. Para obter informações sobre Flores, a investigadora convence o ajudante do intelectual a ir até sua casa. Jairo surge e avisa Marta que fará uma diligência. O casal desmarca o encontro e deixam para o dia seguinte. Iara discute com Tito e demonstra sua insatisfação com a demissão de Mateus. Tito chama Filomena para uma conversa, mas a moça o dispensa. O dono da pousada a segue até o quarto. Ele se aproxima para tentar a reconciliação, mas ela não aceita conversar e vai para o banheiro. Adriana se insinua para Joca, mas o detetive se esquiva de todas as investidas da moça. Jairo vai até a casa de Léia procurando mais uma vez pelo detetive foragido. Ele interroga a mãe de Joca mais uma vez. A dona de casa se nega a dizer qualquer coisa e os agentes iniciam uma busca na residência. Arminda liga para o detetive e não consegue disfarçar o ciúme que sente. Claudel conta para a empresária que Briggs foi condenado à prisão na Europa. Teixeira conversa com Célia e explica os acontecimentos de seu passado. Conta inclusive que já teve um caso com Madame Durrel. Lílian vai até a casa de Lincon e leva o cheque com a rescisão do contrato do jornal. Furioso, o jornalista diz que vai avaliar a proposta. André vai até a casa de Sônia e ela demonstra sua vontade em sair de casa.

CAPÍTULO 227: QUARTA-FEIRA: 17/01/2018
Sancha diz a Querêncio que entende por que Marisa o abandonou e ele fica invocado. Virgínia anuncia pelo interfone que Célia quer falar com o prefeito, que pede para ela esperar. Bruno reclama que Célia não preparou o café da manhã e diz a Teixeira que confirmou sua presença na reunião com Claudel. Ele aproveita para provocar o advogado e o chama de “Doutor Briggs”. Teixeira pode para Bruno não brincar com isso e que explicará tudo na reunião. Lincon lê para Patrícia um artigo que fez sobre Nicolau e deixa sua esposa aflita. Sônia diz a André que ainda está pensando se vai morar com ele na casa de Lincon. Adriana joga mais charme para Joca, que se desvencilha delicadamente. A dançarina conta sua história para o detetive e oferece um strip-tease. Joca se assusta e diz que não precisa. Discretamente, Arminda pergunta a secretária se Marta ligou e ela diz que não. Aflita em sua sala por falta de notícias, Arminda pega o celular. Marisa confessa a Vera que ama Querêncio, mas diz que não pode se iludir. A primeira-dama da cidade fala com Arminda ao telefone. A empresária fica sabendo que Adriana ainda não chegou à boate e fica enfurecida depois que desliga o celular. Tito apresenta Hélio, o novo piloto da pousada, para Iara e Newton, que pede para falar a sós com o aventureiro. Newton é agressivo ao falar com Tito, que fica na bronca. Eles se encaram raivosos. Iara fala para Filomena que está preocupada com a irritação de Newton com Tito e pede para ela acompanhá-la. Eles discutem feio, mas Iara e Filó entram para encerrar a discussão. Diana, Carlos e Guilherme conversam sobre os assassinatos e Mateus chega. Diana vai falar com o piloto e Carlos brinca que Guilherme está com ciúmes. Filomena alerta Tito para que ele não perca os amigos por causa de orgulho bobo. Lincon e Alfredo estão no Já Era quando Romeu chega dando a notícia de que vários “carrões” de placa azul estão indo em direção à fazenda de Nicolau. Lincon quer começar uma manifestação contra a Lei Úmida e puxa Sérgio para chamar os jovens da cidade. Karina avisa Nicolau sobre a chegada da cúpula da presidência com alguns jornalistas. O senador comemora o progresso do seu plano e pede que Karina os enrole um pouco, e também, que não desgrude de Beatriz. Ari diz a Ajuricaba que não sabe se vai à reunião que Nicolau o convidou. O delegado diz para ele comparecer porque é possível que o senador vire presidente. Querêncio diz que não vai a reunião do partido na fazenda. Sancha e Célia ficam preocupadas. Karina conversa com o presidente do partido, quando Nicolau sai de sua sala e cumprimenta a todos. O senador diz ao que está à disposição do partido. Adriana chega à boate e Marisa pergunta o motivo de seu atraso. A nova dançarina da boate confessa que estava “mimando” Joca. Marisa pede para ela não complicar ainda mais a situação. Querêncio se lamenta com Arminda, que tenta animá-lo quando ambos são chamados para a reunião com Bruno. Nesta, todos chegam à conclusão de que Teixeira deve renunciar ao inventário da herança, à assessoria da empresa, e sumir do mapa. O advogado diz que vai pensar. O presidente do partido anuncia que Nicolau deverá assumir a presidência da República. Beatriz chama Ari para conversar afastado de todos e conta que Érico quer que ele seja vice-presidente. Filomena encontra Mateus no Agito Colonial e o convida para jantar com seu pai. Eles trocam olhares sorridentes. Jairo reclama da cidade com Marta quando Sereno chega perguntando se o jantar deles está confirmado. Marta o recebe sorridente e confirma.

CAPÍTULO 228: QUINTA-FEIRA: 18/01/2018
Ari vai à pousada. Aflito, ele diz que talvez será candidato à vice-presidência. Nicolau e Karina chegam à Folha da Corredeira com a comitiva do partido. Lincon vai à redação do jornal e exige que lhe paguem o que é devido. O Senador convida o jornalista para uma conversa em sua sala. Lincon tenta negociar para obter uma parte maior do jornal. Clorís avisa Ari que ele será impedido de pôr os pés na pousada, caso aceite o suposto convite de Nicolau. Diana começa a estranhar o comportamento de Arminda. Filomena vai ao Solar acompanhada de Mateus para conversar com Querêncio. Ela conta para seu pai que vai se separar de Tito. Nicolau não aceita a proposta de Lincon. Esbravejando, o jornalista é levado para fora pelos seguranças. O Senador anuncia aos repórteres sua candidatura à presidência do Brasil. Joca acompanha as notícias pela internet e deduz que Nicolau irá se livrar de Iara. Impaciente, o detetive pega sua mochila e sai. Marta leva Sereno a sua casa. Arminda se irrita porque Joca não atende o celular. O detetive marca um encontro com Iara. Marta serve um jantar para Sereno e faz perguntas, sem levantar suspeitas, para tentar extrair alguma informação relevante. Arminda convida Claudel ir à boate de Ribeirão do Tempo. Sereno começa a ficar incomodado com as perguntas de Marta e, subitamente, decide ir embora. Arminda e Claudel chamam Marisa para acompanhá-los em um drinque. Joca avisa Iara que ela corre risco de vida e ela conta sobre chantagem que fez com Nicolau. Mateus sae em um carro do Solar acompanhado de Filomena. Ele encosta o carro e diz que eles devem assumir o que sentem.

CAPÍTULO 229: SEXTA-FEIRA: 19/01/2018
Termina o coquetel de boas-vindas para os agentes de turismo na pousada e Filomena chega acompanhada de Mateus. Tito fica furioso, mas se controlar. Já no quarto, ele demonstra sua insatisfação e Filó fica irritada. Arminda, ainda preocupada, mergulha em pensamentos sobre o que Joca deve estar fazendo. O celular dela toca em seguida. É o detetive. A empresária fica mais tranqüila e dorme. Arminda tem um pesadelo onde vê Joca se casando com outra mulher. Ela desperta furiosa e soca o travesseiro. Mateus liga para Filomena, que o convida para assisti-la saltar. Arminda e Bruno cogitam a possibilidade de Teixeira revelar seus segredos para prejudicar todos. Em um passeio com Célia, Teixeira diz que talvez seja hora de sair do Brasil e a convida para fugir com ele. Ela aceita, mas se preocupa com a reação do marido. Mateus observa o avião que leva Filomena para decolar. Tito se aproxima do piloto e eles quase brigam. Newton interfere. Ari conta a Ajuricaba que Beatriz falou sobre sua possível candidatura à vice-presidência. O delegado cai na gargalhada e fala sobre a falta de lucidez da mãe de Nicolau. O Senador avisa Karina que fará um comício em Ribeirão do Tempo. Adriana tenta seduzir Joca fazendo uma massagem. O detetive se deixa levar por alguns instantes, mas subitamente, tem uma ideia para acabar com os planos de Nicolau e pede a ajuda da dançarina. Claudel comunica à Arminda que talvez ela tenha que voltar para a Europa. O francês a convida para tomar um sorvete e começa a cortejá-la. Lincon adverte os militantes do Comando Invisível expondo sua suspeita sobre o movimento. Sônia deixa um bilhete para seus pais avisando que está saindo de casa. Sereno termina o comunicado do Comando Invisível. Ele vai até Marta e diz que não guardará mais segredos.

bookmark icon