Resumo Semanal: Novela “Ribeirão do Tempo”: 22/01/2018 a 26/01/2018

 - 

 

 


Eduardo Lago (Foto: Reprodução)

CAPÍTULO 230: SEGUNDA-FEIRA: 22/01/2018
Flores e Nicolau conversam ao telefone sobre os preparativos para sua chegada à presidência. Marisa e Sereno saem da delegacia e ele diz que está disposto a conversar. Claudel conversa com Arminda no Agito Colonial jogando charme. Joca entra no restaurante disfarçado de turista americana e pede um sorvete sem que os dois percebam. Joca fica invocado quando Claudel diz que ainda vai convencer Arminda a se casar com ele. Sônia chega a casa de André com suas malas. Joca escuta escondido uma conversa de Nicolau com Flores no celular. O detetive liga para Iara. Diz que está preocupado com os movimentos do senador e pede a ajuda dela para uma ação de improvisada. Sereno diz a Marta que só conta seus segredos depois que ela dormir com ele. Ivo avisa a Nicolau que uma amiga de Virgílio quer falar com ele ao telefone. Relutante, acaba recebendo a ligação. Iara marca um encontro com Nicolau, que aceita. Ao desligar, ele pega uma arma na gaveta da mesa. Marta diz a Arminda que não consegue falar com Joca e que ela tem que tomar uma decisão urgente para conseguir provas importantes, se entregar para um homem. Célia diz a Bruno que Teixeira vem falar com algo com ele. Querêncio e Teixeira se abraçam e fazem as pazes dos seus desentendimentos. Teixeira diz que enganou Durrel depois de morta mas que vai consertar seu erro. Arminda desce as escadas apressada. Nicolau dá instruções a Vitor, um de seus capangas. O senador se encontra com Iara e Joca se prepara para fotografá-los. Nicolau finge que vai pegar uma pacote de dinheiro e saca uma arma. Iara joga o pacote na cara de Nicolau e corre. Quando ele se prepara para atirar, toma uma paulada de Joca disfarçado de turista. Vitor atira e Joca corre. O detetive consegue fugir com Iara. Virgínia entrega o bilhete de Sônia para Ajuricaba que esbraveja furioso. Sereno escreve um comunicado para o site do Comando Invisível e sai apressado. Flores desconfia da atitude dele. Marta pergunta a Sereno se a promessa está de pé. Ele confirma. Marta tira a blusa e fica de sutiã.

CAPÍTULO 231: TERÇA-FEIRA: 23/01/2018
Nicolau decide Ligar para Flores pedindo conselhos sobre o que fazer em relação à Joca. Mateus diz a Filomena que está louco para beijá-la e a deixa sem graça. Após transar com Marta, Sereno fica imerso em seus pensamentos. Marisa fica preocupada com Joca. Querêncio visita Marisa na boate. Querêncio diz a Marisa que está sentindo sua falta. A dançarina diz que também, mas que por enquanto os dois continuam separados. Iara e Joca chegam a salvos na casa de Adriana. Sereno diz a Marta que chegou o momento de ver se pode confia nela. Ele explica se ele contar o que ele faz na internet pode ser muito perigoso, mas mesmo assim Marta insiste em saber. Flores fica assustado com o estado de Nicolau. Claudel pergunta a Diana se ela está preparada para morar na Europa. Ela diz que quer continuar morando em Ribeirão do Tempo. Joca liga para Arminda para dar notícias. Ela, furiosa, dá uma bronca no detetive. Marisa diz a Querêncio que não voltará a casar com ele, mas que talvez eles possam namorar. Sereno confessa a Marta que ele, Nicolau, Karina e o professor mataram o presidente. Flores diz a Nicolau que ele precisa matar Iara e Joca. Teixeira e Célia contam a Bruno que estão apaixonados. Bruno quer conversar sozinho com Célia e Teixeira os deixa. Ajuricaba sai de casa furioso e Virgínia o acompanha para tentar segurar seus ânimos. Marta tenta tirar mais informações de Sereno que sai correndo, de repente. Flores acalma Nicolau dizendo que Iara não tem como provar que o dinheiro do suborno veio dele. Ari toma um chope com Clorís e confessa que quer se casar com ela. Filomena confessa a Mateus que ainda tem sentimentos por Tito e que parte dela quer seguir em frente, mas o que ela teve por ele não vai sumir repentinamente. Tito confessa a Newton que está mal por causa de Filomena. Ajuricaba chega a casa de Lincon e discute com André. Patrícia convence seu filho a ir para seu quarto. Ajuricaba e Lincon discutem sobre quando ele poderá ver sua filha. Patrícia e Virgínia dizem que elas que vão decidir como as coisas serão daqui para frente.

CAPÍTULO 232: QUARTA-FEIRA: 24/01/2018
Newton conta a Filomena que seu advogado talvez consiga segurar o processo até que a história com o senador seja esclarecida. O instrutor, preocupado, pergunta sobre Iara para Filó, que diz não saber onde ela está. Sereno assusta Alfredo ao dizer que as águas do rio vão subir e acabar com a cidade. Marta procura Arminda para entrar em contato com Joca. Ela diz que tem revelações arrasadoras, mas não pode revelar nada ainda. Filomena diz a Tito que chegou ao fim o prazo para o fim da relação. Iara decide sair do esconderijo. Tito está prestes a pedir que Filomena continue com ele quando é interrompido por Newton. Eles decidem continuar a conversa mais tarde. Arminda combina com Marisa um encontro com Joca no esconderijo. Sereno está intempestivo e começa a discutir com Fátima. Flores interrompe e Sereno continua irritado, diz estar namorando um empregada de outra rua. Flores desconfia. Karina diz para Nicolau que vai pensar uma maneira de se livrar de Iara. O presidente do partido diz a Nicolau que sua imagem está ótima em Brasília. Lincon implica com Sônia e André discute com o pai. Patrícia tenta apaziguar. Ajuricaba faz drama porque sente falta de sua filha e Virgínia fala para ele ser menos dramático. Karina diz ao seu pai que ele deveria ter tomado alguma atitude em relação a traição de Célia. Bruno disse que pretende deixar por isso mesmo. Teixeira/Briggs pede que Arminda convoque uma reunião para ele comunicar sua decisão. Marta e Arminda encontram Adriana e eles decidem entrar pelos fundos da casa. Arminda tenta disfarçar a irritação com que Adriana fala de Joca. Elas se encontram com Joca e Adriana se retira. Marta vai atender uma ligação e Arminda aproveita para dar uma bronca em Joca por ele ter se arriscado. Jairo se irrita quando Cardoso diz que entrou em contato com Marta e que ela disse estar em uma investigação sigilosa. Marta revela tudo o que Sereno disse a Joca. O detetive sugere que Marta peça a Sereno que grave uma conversa com Flores. Sereno é agressivo verbalmente com Flores. Celular de Sereno toca e ele não atende, diz ser sua namorada. Sereno liga para Marta fora da casa, mas Flores observa tudo da janela. Sereno diz a Marta que não chegou a nenhuma conclusão e a policial pede para vê-lo. Marisa vai a prefeitura falar com Querêncio e diz que sente saudades. Marta recebe Sereno em sua casa.

CAPÍTULO 233: QUINTA-FEIRA: 25/01/2018
Arminda se irrita com a proximidade entre Joca e Adriana. Sereno revela para Marta o medo que sente só de imaginar a reação de Flores, caso descubra que seus segredos foram revelados. Ele começa a ficar nervoso, mas a investigadora o tranquiliza. Em seguida, Marta detalha o plano para desmascarar Flores. Querêncio fica angustiado quando Marisa comunica que vai pedir a separação formal. Nicolau e Lílian organizam os últimos preparativos para o comício e o senador decide esperar Karina antes de ir à praça dar início ao evento. Flores conversa com o General ao telefone sobre os próximos estágios de seus planos. O misterioso mentor da conspiração levanta a suspeita sobre Sereno e Flores diz ter total controle da situação. Marta conta a Sereno que somente seu depoimento não é capaz de deter o professor e que é preciso gravar a confissão de Flores. O hacker aceita participar do plano. Teixeira comunica à Arminda, Bruno e Claudel que vai se demitir e que renunciará à condição de inventariante do testamento de Durrel para sair do Brasil. Joca se disfarça de mendigo e circula pela cidade. Sereno vai a casa de Flores, que pede para que ele lance um manifesto do Comando Invisível afirmando sua independência política. Karina chega e vai com Nicolau para o comício. Iara decide contar seus segredos para todos e vai até o quarto de Tito, mas encontra Filomena. A filha do prefeito avisa que está deixando a pousada. O comício se inicia. Joca se aproveita da ocasião e se aproxima da casa de Flores. O professor está bêbado, inebriado ao ditar o manifesto para Sereno, que aproveita um momento de distração e liga o gravador. Ele induz Flores a falar sobre seus crimes. Todos ficam tristes com a notícia de que Filomena vai embora. Newton tenta convencer Tito a fazer com que Filó fique, mas o dono da pousada já se deu por vencido. Alfredo corteja Léia. Bem tocado pela bebida, Flores fala sobre todas as mortes e assassinatos. Devido ao nervosismo, Sereno sua demais. O professor estranha e pede que se o rapaz se enxugue. Quando Sereno pega um lenço de seu bolso, deixa gravador cair. Flores fica perplexo enquanto Sereno pega o gravador e guarda no bolso. Ele sai correndo enquanto Flores, muito bêbado e descontrolado, pega um revólver para correr atrás de Sereno. Flores começa a disparar, mas não o acerta. Os dois saem correndo da casa. Joca vê a cena e decide intervir. Jairo, que acompanhado de alguns agentes, escuta os tiros. Sereno chega a beco sem saída. Quando Flores vai disparar, Joca interfere e os dois começam a brigar. O hacker aproveita a briga e foge. O professor lembra do comício perto de sua casa e começa a gritar por socorro. Jairo, que está próximo, ordena que seu agente atire no suposto terrorista. Joca pula o muro e foge. Jairo e seus agente correm atrás do detetive.

CAPÍTULO 234: SEXTA-FEIRA: 26/01/2018
Flores se recompõe da briga com Joca. Ferido, decide ir até o comício de Nicolau. O professor sobe no palanque e se junta à Karina. Durante a fuga, Joca encontra Sereno mancando. Ele pede que o hacker entregue o gravador para Marisa. Os agentes federais se aproximam e o detetive continua em sua fuga. Flores pede a palavra para Nicolau e começa a discursar. O professor afirma que sofreu um atentado. Joca tropeça durante a fuga e os agentes federais conseguem prendê-lo. Teixeira avisa à Querêncio que deixará de ser inventariante do testamento de Durrel. O advogado convoca todos para comunicar algo. Célia chama Bruno para uma conversa e avisa que além da separação, pedirá metade de seus bens. Durante seu discurso, Flores diz que Joca atentou contra sua vida. Jairo e seus agentes conduzem o detetive até a delegacia. Filomena se despede de Tito. Sentida, ela diz que ficará hospedada no Solar. Filó se despede de todos da pousada antes de sair. Romeu propõe um brinde e Alfredo corteja Léia novamente, que fica constrangida. Elza chega esbaforida e diz que Joca foi preso. Léia desmaia no mesmo instante. Marta se desespera com a falta de notícias sobre Sereno. Joca é escoltado até a delegacia. Ajuricaba acredita que finalmente os agentes federais deixarão a cidade. Durante a reunião, Teixeira conta que queimou um documento deixado por Durrel, onde indicava Arminda como sua sucessora na presidência internacional da empresa. Jairo começa a interrogar Joca. O agente federal não acredita nas palavras do detetive e começa a se irritar. Arminda fica possessa ao pensar na atitude de Teixeira. Claudel avisa que a diretoria na Europa já tinha tomado a mesma decisão, logo a atitude do advogado não faz diferença. Nicolau e Karina ficam preocupados ao ouvirem o relato de Flores, sobre a gravação de sua conversa. Marisa liga para Arminda e conta que Joca foi levado pela polícia. Flores diz para Ajuricaba que Sereno está envolvido no suposto plano terrorista. O hacker entrega o gravador para Marta. Jairo não deixa que Ventania converse com Joca e decide levar o detetive para Brasília. Marta leva o gravador para a delegacia.

bookmark icon