Resumo Diário: Novela “A Terra Prometida”: 15/02/2017

 - 

 

 


Capítulo 161: Quarta-Feira: 15/02/2017

Mireu caminha pelas ruas de Jerusalém com Úrsula e reconhece Salmon. O oficial ordena que os soldados prendam o hebreu. Salmon começa a correr. Tobias assume a culpa por ter forjado a falsa traição de Yana e Quemuel o expulsa de casa. Mireu consegue alcançar Salmon. Tirda fica sem jeito de dizer que não achou o vestido bonito. Úrsula decide levar Salmon para o palácio. Otniel fica sabendo que o amigo foi descoberto. Tobias pede para morar na ferraria de Setur. Quemuel diz que errou na criação do filho. Adonizedeque reencontra com a filha. A princesa mostra o hebreu capturado. Raabe cuida de Boaz. Úrsula diz que descobriu algo sobre Ula. Samara encontra Tobias e avisa que o plano ainda está de pé. Mireu conversa com Salmon nas masmorras. Úrsula inventa que Ula é uma assassina. Adonizedeque fica preocupado. Escondida, Mara cultua as estatuetas que eram de Racal. Adonizedeque diz que Ula é uma assassina e ordena que Abul a traga imediatamente. Léia comenta com as outras mulheres que Josué proibiu que os hebreus de saírem dos limites do acampamento. O líder avisa que pedirá aos homens para vigiarem e protegerem suas esposas. Otniel tenta saber informações sobre o paradeiro de Salmon. Abul chega até a taberna para levar Ula. A moça assume a culpa pela morte de Durgal perante a Adonizedeque.

Capítulo 152: Quinta-Feira: 16/02/2017

O rei avisa que não vai executá-la. Zaqueu diz que vai sair para caçar codornas. Adonizedque conversa com os cadáveres das prisioneiras e comemora o retorno de Úrsula. Mireu convida Otniel para a comemoração. Samara avisa que Zaqueu sairá para caçar e diz que chegou a hora de executar o plano. Otniel chega ao palácio. Mireu pede para o rapaz cumprimentar o rei de sua cidade. Salmon conversa com o carcereiro e descobre que está acontecendo uma festa no palácio. Otniel cumprimenta Debir, o rei de Eglom. Acompanhadas dos guerreiros hebreus, as mulheres hebreias lavam as roupas no rio. Um grupo de soldados de Jerusalém se aproxima. Zaqueu segue em um local mais distante, caçando as codornas. Mireu estranha a ausência de Otniel e começa a procura-lo pelo palácio. Tobias e Samara observam Zaqueu caçando. Com um punhal, Otniel ameaça Mireu no templo do palácio. Escondidos, os soldados de Jerusalém observam as hebreias no rio. Com um arco e flecha, Tobias se esconde em um local próximo. Aruna deixa cair uma peça de roupa no rio e se afasta para pegar. Samara vê Zaqueu mirando em um pássaro e faz um sinal para Tobias. O Monstro Hebreu atira em Aruna no mesmo momento em que Zaqueu atira no pássaro. Aruna é atingida por uma flechada no ventre. Josué corre para socorrê-la. Sofrendo com a flechada, Aruna consegue ver Tobias escondido e cai no rio.

Capítulo 163: Sexta-Feira: 17/02/2017

Josué tenta socorrer Aruna, mas a correnteza a leva para longe. Os soldados de Jerusalém avistam a hebreia desacordado no rio. Samara encontra Zaqueu e o acusa pelo ocorrido. Os oficiais inimigos retiram Aruna da água. Josué se desespera com o sumiço de sua amada. Zaqueu lamenta o acidente com Aruna. Otniel resgata Salmon e eles poupam a vida de Mireu. Tobias inventa uma desculpa para Setur e retorna à ferraria. Desesperado, Quemuel sai para procurar Aruna. Samara encontra com o irmão e eles fingem não saber de nada. Yana fica chocada com a notícia. Chaia tenta consolar Zaqueu. Adonizedeque ordena que tragam o prisioneiro até a sala do trono. Abul descobre que o hebreu fugiu. Eleazar e Finéias conversam sobre Aruna. Léia encara os filhos e diz não acreditar em nenhuma palavra que eles dizem. Úrsula ordena que matem o carcereiro Durgo. Samara e Tobias comemoram o sucesso do plano. O Monstro Hebreu procura Zaqueu e finge estar irado pela suposta morte de Aruna. Lina descobre que Otniel é um hebreu. Tobias exige que Zaqueu seja julgado. Josué e Calebe procuram por Aruna. Josué se emociona ao se recordar de alguns momentos ao lado de Aruna. Salmon e Otniel fogem de Jerusalém e se deparam com os mercadores de escravos que eles atacaram. Laila e Livana lamentam o ocorrido com Aruna. Calebe encontra os familiares e avisa que Aruna não foi encontrada. Otniel é dominado pelos mercadores de escravos. Salmon tenta ajudar, não consegue e corre para pedir socorro no acampamento. Elói tenta amparar Ioná. Tirda, Haniel e Gael se lembram da morte de Maquir. Aflito, Zaqueu se prepara para ser julgado. Adonizedeque é avisado sobre a captura de uma hebreia. Durante o julgamento de Zaqueu, Tobias se manifesta e exige a pena de morte para o arqueiro. Na masmorra do palácio, Aruna recebe cuidados médicos. Adonizedeque chega ao local e diz que a prisioneira não tem valor algum. O rei ordena que a deixem agonizar até a morte.

comments icon 0 comments
bookmark icon

Write a comment...