Resumo Diário: Novela “A Terra Prometida”: 03/02/2017

 - 

 

 


Capítulo 153: Sexta-Feira: 03/02/2017

Léia e Quemuel se surpreendem ao verem Samara entrando na tenda. A vilã mente e diz que conseguiu escapar dos sequestradores. Limpo novamente, Haniel janta com a família. Rune e Elidade avisam que se juntaram aos outros guerreiros na busca por Samara. Em conversa com Haniel, Maquir se abre e diz estar arrependido dos erros do passado. Mara beija Racal. Raabe pede para Salmon ter cuidado durante a missão de busca. Adonizedeque avisa Mireu que ele deverá se encontrar no local combinado com Samara para capturar Aruna. Josué diz que é melhor deixar os guerreiros continuarem nas buscas para encontrarem o inimigo. O líder hebreu estranha o fato de Samara ter conseguido fugir tão facilmente. Tobias conversa com Samara e revela ter fingido perder a memória. Ela diz que o irmão é um gênio. Adonizedeque avisa a Abul que precisa de uma escolta para sair do palácio. Samara conta para Tobias a verdade sobre o encontro com o rei de Jerusalém. Adonizedeque surpreende a todos ao chegar na taberna de Ula. Léia desconfia da história contada por Samara. Adonizedeque presenteia Ula com joias. O rei ordena que Mireu parta imediatamente para Gilgal. Racal e Bogotai reclamam da postura de Zareg diante dos hebreus. Enciumada, Úrsula avisa que não permitirá que o pai se aproxime de Ula. Adonizedeque convida Ula para conhecer sua mãe no palácio. Bogotai diz que vai contratar uma mulher para seduzir Finéias. Zareg diz que o rapaz não cairá na armadilha. Ula se entrega a Mireu e eles se beijam. Salmon e os outros guerreiros continuam na busca. Cínica, Samara convida Aruna para um passeio, mas a moça avisa que elas precisarão da escolta ordenada por Josué. Acompanhado de outros oficiais, Mireu se aproxima do acampamento. Louco, Adonizedeque conversa com os cadáveres das prisioneiras. Mireu ataca Samara e Aruna. Os oficiais cananeus lutam com os guerreiros hebreus. Mara pede para Racal ajudá-la a afastar de vez Elói de Ioná. O cananeu avisa que é preciso sacrificar um recém-nascido. Adonizedeque reúne os reis da coalisão. Salmon e os outros guerreiros hebreus avistam os cananeus atacando Aruna. Adonizedeque ameaça os reis Debir e Pirã. Úrsula vai até a taberna e pergunta quais as reais intenções de Ula com o rei. Rune se aproxima dos inimigos para proteger Aruna e é golpeado. Ele cai no chão e um oficial cananeu ergue a lança para matá-lo.

comments icon 0 comments
bookmark icon

Write a comment...