Resumo Semanal: Novela “A Terra Prometida”: 23/01/2017 a 27/01/2017

 - 


Capítulo 144: Segunda-Feira: 23/01/2017

O filho é visto por Léia (Beth Goulart) ao tentar matar Yana (Luciana Braga) quando ela chega de repente e se assusta. Ele deve parar, ordena ela ao correr. Embora vai Tobias (Raphael Vianna). Desacordada fica Yana. Os cuidados de Darda (Ana Barrozo) são agradecidos por Laís (Ariela Massotti). Léia salvou sua vida, diz Yana ao acordar. Léia chegou no momento do crime, avisa Tobias ao encontrar Samara (Paloma Bernardi). Boaz (o nome do ator não foi divulgado) é cuidado pelos pais, Salmon (Rafael Sardão) e Raabe (Miriam Freeland). A morte de Orebe (o nome do ator não foi divulgado), na caverna dos leprosos, é lamentada por Milah (Elizângela). Sobre o ataque, Josué (Sidney Sampaio) e Aruna (Thais Melchior) são avisados por Yana e Léia. Com os filhos, Léia diz estar decepcionada. Yana é confortada por Aruna. Os reis são homens normais, diz Ula (Rafaela Mandelli) ao conversar com Lina (Naiumi Goldoni). Do seu interesse em Ula, Adonizedeque (Mário Frias) fala em conversa com Abul (Joelson Medeiros). Zareg (o nome do ator não foi divulgado) tem algo a ver com o ataque sofrido por Yana?, pergunta Josué. Sobre o incidente, o falso andarilho nega qualquer envolvimento. Um cananeu foi visto observando o acampamento, diz Jogli (Dudu Oliveira) ao procurar o líder de Israel. Bogotai (Marcelo Argenta) finge interesse quando Finéias (Rafael Queiroz) explica sobre o tabernáculo. Zareg está infiltrado no Gilgal, avisa Mireu (Eduardo Magalhães) ao retornar ao palácio.

Capítulo 145: Terça-Feira: 24/01/2017

Traído sente-se Adonizedeque (Mário Frias). Em Mara (Cristiana Oliveira) está interessado, diz Racal (o nome do ator não foi divulgado). O perigo de se envolver com a hebreia é alertado por Zareg. Pelo mal conselho, Pedael (Ernandi Moraes) é alvo de reclamação de Elias (João Bourbonnais). Está esperando outro filho de Boã (Tatsu Carvalho), anuncia Ruth (Louise Marrie). Mireu deve levar um recado escrito em um papiro até Josué, ordena Adonizedeque. Mireu se declara para Ula antes dele deixar Jerusalém. Com Laís, Elias se desculpa. Até o palácio, Ula deve ser trazida, ordena Adonizedeque. Para um novo jantar, Elias convida Laís. Ula deve vestir-se como uma rainha, pede, no palácio, Adonizedeque. Não quer fazer mal a ninguém, diz Jéssica ao conversar com Mara. Jéssica (Maytê Piragibe) é uma fraca, diz a vilã ao reclamar da falta de coragem da moça. Na sala do trono, aparece deslumbrante Ula. Ela deve contar uma de suas histórias, pede o rei ao admirá-la. Mara pede mais respeito quando Racal dá em cima dela. De sua viagem até o acampamento, Zareg deve contar detalhes, pede Josué. Até o Gilgal, chega Mireu. À Deus, Orias pede ajuda por Milah. As histórias contadas por Ula fazem Adonizedeque e os reis vibrarem. Sempre que for chamada, ela deve voltar ao palácio, pede o rei. Para falar com suas prisioneiras, Adonizedeque vai até o quarto. Finge ouvi-las ao falar ele que está se interessado em Ula. Adonizedeque é completamente louco, é revelado quando os cadáveres delas vestidos aparecem quando ele esbraveja com a rainha e a rainha-mãe. As manchas na pele de Milah desaparecem, milagrosamente. De emoção chora Orias. Salmon e Mireu surpreendem ao chegar na tenda de Josué, quando ele conversa com Zareg e Racal. Um recado muito importante de Adonizedeque diz ter o oficial de Jerusalém ao se apresentar.

Capítulo 146: Quarta-Feira: 25/01/2017

Um recado do rei Adonizedeque está trazendo, avisa Mireu a Josué. A presença de Zareg e Bogotai é exigida pelo oficial. Pelo milagre, Deus é agradecido a Orias. Dos leprosos, se despedem Milah e ele. Com as caveiras de sua mãe e mulher, conversa Adonizedeque. O rei repreende Úrsula (Letícia Peroni) quando ela insiste para ver a mãe e a avó. Zareg é o rei de Gibeão, descobre Josué. Em conversa com Lina, Ula diz não ligar para a realeza. Os intrusos devem ser presos, ordena Josué. Por ter salvo a vida de Yana, Léia é parabenizada por Quemuel. Ao ver os comparsas detidos, foge Racal. Os outros lideres hebreus serão reunidos, avisa Josué. Um gibeonita ainda falta ser encontrado, diz Salmon. Até a tenda de Mara, Racal vai e pede ajuda. Ele é ameaçado por Aiúde (Fábio Villa Verde), quando chega. Josué ordena a morte dos três, quando Racal é levado até ele. Para conquistar Laís, Jéssica diz que irá ajudar Elias. Os hebreus juraram a proteger suas vidas, avisa Zareg. Não pode executá-los por reconhecer o juramento, diz Josué. Sobre o encontro com o líder de Israel, Mireu fala ao retornar à Jerusalém. Aruna é a bela mulher de Josué, diz o oficial. Esse pode ser um ponto fraco do líder hebreu, avisa Adonizedeque. A cura de Milah por Deus emociona Raabe, quando fica sabendo. Do povo hebreu, os intrusos se tornarão servos, avisa Josué. Devem estar sempre atentas, diz Noemi (Nívea Stelmann) em conversa com Aruna. Racal vai servir à família de Aiúde; Finéias deverá ser servido por Bogotai; e Caleb (Milhem Cortaz) vai receber os serviços de Zareg, avisa Josué. Ao ver o bebê Boaz, se emociona Milah. A Eleazar (Bernardo Velasco) se apresentam Milah e Orias. Aos hebreus, o milagre é comunicado por Josué. Sobre o Senhor falam ele e Aruna. Como seu servo, se apresenta à Mara, Racal. À tenda de Elias vão Laís e Iru (Guilherme Boury). Dará muito trabalho a Racal, avisa Mara. A visita de Laís e Iru é agradecida por Jéssica e Elias. Racal venera algumas estatuetas de deuses cananeus e é flagrado por Mara.

Capítulo 147: Quinta-Feira: 26/01/2017

Mara não deve o denunciar, implora Mara. Todos os seus desejos podem ser realizados, avisa ele. Ula deve ser chamada até o palácio, pede Adonizedeque para Mireu. Mara pode se livrar dos inimigos, diz Racal ao se identificar como um grande feiticeiro. Para passar lições de fé aos gibeonitas, Josué avisa que vai pedir ajuda para Raabe. Para transformar Mara em feiticeira, Racal oferece ajuda. Finéias deve continuar confiando nele, implora Bogotai. Para ficar um pouco mais em sua tenda, Jéssica pede a Iru. Até o palácio de Adonizedeque, Ula se recusa a acompanhar Mireu. Racal pode acabar com o casamento da filha e Mara, ao saber, se interessa. Pede para ele provar o seu poder, avisa ela ao aceitar ser discípula do cananeu. Laís aceita quando Elias pede para vê-la em breve. Sobre os costumes hebreus, Finéias e Bogotai conversam. Abul deve tentar convencer Ula, pede Adonizedeque, inconformado com a recusa dela. Uma grande quantidade de ouro é entregue pelo oficial a Ula quando vai até a taberna. Se beijam Jéssica e Iru. Elias os flagra.

Capítulo 148: Sexta-Feira: 27/01/2017

Para contar mais de uma suas histórias, Adonizedeque pede a Ula quando ela chega ao palácio. Elias permite o namoro quando Jéssica diz ter correspondido o beijo de Iru. Para a filha e o genro, Aiúde reclama da mulher. Em busca de matéria-prima para o feitiço, seguem Mara e Racal. Ula é deixada na sala do trono por Úrsula, enciumada, ao ser destratada. Para garantir o seu futuro reinado ele fará de tudo, diz Abul ao conversar com a princesa. Para fazer efeito, Racal diz que Mara precisa sorrir, diz ele ao lhe entregar uma poção. Aiúde diz que a mulher está deslumbrante, quando a vilã vai para casa. Com os cadáveres de sua mãe e ex-mulher, Adonizedeque conversa, mostrando sinais de loucura. Para afugentar Adonizedeque, Mireu propõe a Ula um namoro de fachada. É preciso sorrir para notarem sua beleza, percebe Mara ao acordar. Sobre o namoro com Jéssica, Iru avisa aos familiares. Passa mal Sama (Andrea Avancini) ao sentir tontura. É amparada por Ruth. O trabalho de integração dos gibeonitas é aceito por Raabe. Sama descobre estar grávida após ser examinada por Darda. Ao saber que um grupo destinado a auxiliar os sacerdotes na educação dos estrangeiros será liderado por Raabe, Mara fica indignada.

comments icon 0 comments
bookmark icon

Write a comment...