- 

Bukassa Kabengele é Marcelo em “Malhação – Vidas Brasileiras”, que estreia dia 7


Bukassa Kabengele (Foto: Reprodução)

Na próxima temporada da novelinha teen “Malhação”, subtitulada como “Malhação – Vidas Brasileiras”, que estreia na próxima quarta-feira (7) na Rede Globo, Marcelo (Bukassa Kabengele) é diretor geral do Colégio Sapiência, localizado no bairro de Botafogo, na zona sul do Rio de Janeiro, mas quem manda é a professora Gabriela (Camila Morgado).

Descrito como um personagem exigente e reservado, Marcelo mantém uma relação bastante fria com os alunos do Colégio Sapiência, ao contrário de Gabriela, que acaba se envolvendo com seus probemas pessoais todos os dias, motivo pelo qual recusa seu pedido de demissão para fazer um projeto social para adolescentes carentes.

Para o alívio de Marcelo, Gabriela faz uma parceria com Rafael (Carmo Dalla Vecchia) e Vinícius (André Luiz Miranda), através da ONG Percurso, com o intuito de oferecer bolsas de estudo para adolescentes carentes. Por causa desta parceria com a ONG Percurso, Gabriela não precisa mais sair do Colégio Sapiência.

Quem não gosta nada de saber da parceria entre a ONG Percurso e o Colégio Sapiência é Paulo (Felipe Rocha), patrão de Marli (Júlia Mendes) no restaurante Le Kebek, pois sua mulher, Gabriela, é ex-namorada de adolescência de Rafael.

Na instituição particular de ensino, estudam Alex (Daniel Rangel), Amanda (Pally Siqueira), Érico (Gabriel Fuentes), Felipe (Gabriel Contente), Flora (Jeniffer Oliveira), Garoto (Pedro Maya), Hugo (Leonardo Bittencourt), Jade (Yara Charry), Leandro (Dhonata Augusto), Maria Alice (Alice Milagres), Mel (Maria Rita Silva), Michael (Pedro Vinícius), Pérola (Rayssa Bratillieri), Talíssia (Luellem de Castro), Tito (Tom Karabachian), Úrsula (Guilhermina Libanio) e Verena (Joana Borges).

Escrita por Patrícia Moretzsohn, com a colaboração de Chico Soares, Laura Rissin e Renata Dias Gomes, “Malhação – Vidas Brasileiras” conta com a direção geral de Giovanna Machline, Matheus Malafaia, Mayara Aguiar, Natália Warth e Thiago Teitelroit, além da direção artística de Natália Grimberg. A supervisão narrativa é de Daniel Ortiz.

bookmark icon