- 

Carmo Dalla Vecchia é Rafael em “Malhação – Vidas Brasileiras”, que estreia dia 7


Carmo Dalla Vecchia (Foto: Raquel Cunha)

Na próxima temporada da novelinha teen “Malhação”, subtitulada como “Malhação – Vidas Brasileiras”, que estreia na próxima quarta-feira (7) na Rede Globo, Rafael (Carmo Dalla Vecchia) trabalha junto com Vinícius (André Luiz Miranda) na ONG Percurso, que é responsável por oferecer bolsas de estudo para adolescentes carentes no Rio de Janeiro.

Ele faz uma parceria com o diretor Marcelo (Bukassa Kabengele) no Colégio Sapiência, localizado no bairro de Botafogo, na zona sul do Rio de Janeiro, sem saber que a coordenadora pedagógica da instituição de ensino é sua ex-namorada de adolescência, que se trata da professora de português Gabriela (Camila Morgado).

O motivo da separação de Gabriela e Rafael foi um projeto para oferecer melhores condições educacionais e melhores condições sociais para pessoas indígenas. Quando voltou da sua missão idealista, disposto a reconquistar a confiança de Gabriela, a quem abandonou, Rafael descobriu que ela já estava casada com Paulo (Felipe Rocha).

Ao saber que Gabriela vai trabalhar com Rafael, Paulo possui uma explosão de insegurança, machismo e possessividade, a ponto de pedir para a mãe de Alex (Daniel Rangel), Flora (Jeniffer Oliveira) e Mel (Maria Rita Silva) fazer uma escolha, solicitando que ela vá trabalhar com ele no restaurante Le Kebek.

Enquanto Paulo se preocupa com a possibilidade de uma reconciliação entre Gabriela e Rafael, pois tudo caminha para isso, o diretor da ONG Percurso possui suas próprias questões familiares para resolver, já que não possui laços estabelecidos com seu filho, Márcio (André Luiz Frambach), que vai estudar no Colégio Sapiência.

Escrita por Patrícia Moretzsohn, com a colaboração de Chico Soares, Laura Rissin e Renata Dias Gomes, “Malhação – Vidas Brasileiras” conta com a direção geral de Giovanna Machline, Matheus Malafaia, Mayara Aguiar, Natália Warth e Thiago Teitelroit, além da direção artística de Natália Grimberg. A supervisão narrativa é de Daniel Ortiz.

bookmark icon