- 

Resumo Semanal: Novela “O Direito de Nascer”: 01/03/2018 a 02/03/2018


Guilhermina Guinle (Foto: Reprodução)

CAPÍTULO 014: QUINTA-FEIRA: 01/03/2018 Jorge Luiz pergunta à madrinha porque está renunciando à sua tutela. Ela responde que é para que ele possa assumir definitivamente a direção do banco, mas impõe uma condição: como sócia majoritária poderá interferir nas suas decisões. Na fazenda Maria Helena conta os meses que faltam para ter seu filho. Dona Conceição continua ressentida com Dom Rafael por proibi-la de ver a filha, mas, às escondidas, começa a fazer o enxoval do neto. Cinco meses depois. Numa dessas visitas Alfredo, completamente bêbado, invade o quarto da prostituta e descobre que seu protetor é Dom Frederico. Depois de ser agredido pelo banqueiro, Alfredo ameaça contar toda a verdade à condessa, mas Frederico não se deixa intimidar e diz que contará a Dom Rafael todas as manobras financeiras dele e de seu pai. Dona Conceição fala com Frei Estevão sobre sua preocupação com Maria Helena. O religioso se oferece para ir vê-la na fazenda. Ela prepara, rapidamente, uma mala com o enxoval do bebê e pede ao Frei que entregue para a filha. Dom Rafael chega nesse momento e não permite que o Frei leve. Dom Rafael obriga Conceição a escrever uma carta para Maria Helena e garante que o bebê não precisará de roupas. Frei Estevão chega à fazenda e entrega a Maria Helena a carta que sua mãe lhe enviou. Mas, a carta que Conceição escreveu obrigada pelo marido, deixa Maria Helena desconsolada. Nela Conceição diz que a filha deve assumir sozinha a consequências de seus atos.

CAPÍTULO 015: SEXTA-FEIRA: 02/03/2018
Mamãe Dolores conversa com Frei Estevão sobre suas preocupações com relação ao futuro da criança que Maria Helena espera. Emília, arrasada, conta para a mãe que foi humilhada pela condensa. Laura aconselha a filha a ter paciência, pois o que Vitória quer é separá-la de Jorge Luiz. Depois que o Frei vai embora, Marcelina, a esposa do capataz, decide avisar Maria Helena do perigo que está correndo e a aconselha a fugir e ter seu filho em outro lugar. Emília acusa Jorge de ter manchado sua reputação ao deixá-la exposta às crueldades de sua madrinha. Jorge Luiz se desculpa e pede Emília em casamento. Mamãe Dolores fica apavorada ao saber dos planos de Dom Rafael e não sabe o que fazer para impedir. Maria Helena diz que vai fugir da fazenda e Marcelina indica uma mulher que poderá abrigo até que a criança nasça. Emília volta para casa feliz com a reconciliação e, conta para a mãe, enquanto isso, Jorge Luiz está colocando a madrinha a par da sua decisão. Diante do afilhado, Vitória demonstra estar feliz com a notícia, mas assim que ele vai embora ela começa a planejar o que fará para separá-los. Alfredo volta ao bordel de madame Lina e insiste com Cecília para que viaje com ele, mas ela recusa. Cecília chora, pois, apesar de todos os defeitos, é apaixonada por Alfredo. Jorge Luiz e Emília chegam à casa da condessa para oficializar o noivado. Vitória não perde a chance de provocar Emília, só que desta vez ela reage e vai embora indignada. Acobertadas por Marcelina, Maria Helena e Mamãe Dolores fogem da fazenda durante a noite.

bookmark icon