Exclusivo: Elisa Brites vai fazer participação especial na novela “Tempo de Amar”

Elisa Brites (Foto: Reprodução)

No ar como Verônica em “Carinha de Anjo” (de Leonor Corrêa), que está finalizada e sai do ar em abril no SBT, Elisa Brites vai seguir os passos de Bia Arantes. Ela vai fazer uma participação especial na novela “Tempo de Amar” (de Alcides Nogueira e Bia Corrêa do Lago).

A novela “Tempo de Amar” chega ao fim em março do ano que vem, quando estreia sua respectiva sucessora, “Orgulho e Paixão” (de Marcos Bernstein), que se trata de uma adaptação dos livros da escritora britânica Jane Austen, o que inclui “A Abadia de Northanger”, “Emma” e “Orgulho e Preconceito”.

A trama conta com Alessandra Negrini, Agatha Moreira, Ana Júlia Dorigon, Ary Fontoura, Bruna Griphão, Bruno Gissoni, Chandelly Braz, Gabriela Duarte, Grace Gianoukas, Joaquim Lopes, JP Rufino, Juliano Laham, Letícia Persiles, Marcos Pitombo, Malvino Salvador, Maurício Destri, Miguel Rômulo, Murilo Rosa, Nathalia Dill, Pâmela Tomé, Oscar Magrini, Polly Marinho, Rodrigo Simas, Silvio Guindane, Tato Gabus Mendes, Thiago Lacerda e Vera Holtz no elenco.

Assim como Bia Arantes, que vai interpretar a sedutora Brice na novela “Deus Salve O Rei” (de Daniel Adjafre), que estreia dia 9 de janeiro, no lugar de “Pega Pega” (de Cláudia Souto), Elisa Brites iniciou sua carreira no gênero de novela dentro da Rede Globo, porém, fez outros projetos antes.

Ela possui em seu currículo trabalhos como, por exemplo, “Depois da Pele”, “Trabalho”, “Olhares Ásperos”, “Splendor”, “O Homem que matou Jhon Whey”, “Senhores da Guerra”, “A Beira Mar”, “Últimos Dias de Super Herói”, “O Tempo Sem Ponteiro”, “Rir e Poupar… É Só Começar”, “Uma Vida Feita de Outras”, “Elvis e o Cometa”, “Série Tem um Cara nos Seguindo”, “Grenal é Grenal”, “Filé de Borboleta”, “Malhação – Intensa”, “O Dentista Mascarado”, “Além do Horizonte”, “Animal”, “Alto Astral”, “Quatro Notas de Amor”, “Além do Tempo”, “Redenção” e “Carinha de Anjo”.

É proibida a reprodução do conteúdo do site Noticiasdetv.com, sob pena de ação judicial por crime de violação de direito autoral, previsto na legislação internacional.