Vladimir Brichta vai interpretar um dos vilões da novela “De Volta Pra Casa”

Vladimir Brichta (Foto: Reprodução)

Após “Rock Story” (de Maria Helena Nascimento) e “Cidade Proibida” (de Mauro Wilson), o ator Vladimir Brichta vai interpretar um dos vilões da próxima novela das 21h da Rede Globo, “De Volta Pra Casa”, que estreia dia 21 de maio, no lugar de “O Outro Lado do Paraíso” (de Walcyr Carrasco).

Ele vai contracenar com as atrizes Adriana Esteves e Deborah Secco, que vão interpretar, respectivamente, uma cafetina e uma prostituta. Quando descobrem que o cantor de axé Beto Falcão (Emílio Dantas) se passa por morto para voltar a ficar famoso, desta vez em âmbito nacional, as duas começam a chantageá-lo.

Para obter sucesso em seu plano de alcançar o estrelato, o músico Beto Falcão abandona sua família na cidade de Salvador (localizada no estado da Bahia) e usa uma identidade falsa para não ser reconhecido pelos humildes moradores da Ilha de Boipeba (situada na cidade de Cairu, no mesmo estado).

Seu par romântico é Luzia (Giovanna Antonelli), que abandona seus filhos (Chay Suede e Luísa Arraes) para fugir do Brasil, rumo à Islândia, após ser acusada por um crime, do qual é considerada inocente. Ela retorna ao país depois que o processo judicial caduca.

O elenco da novela “De Volta Pra Casa” é formado até o momento pelos atores Adriana Esteves, André Frateschi, Arlete Salles, Armando Babaioff, Caco Ciocler, Carol Castro, Chay Suede, Chico Diaz, Danilo Mesquita, Deborah Secco, Emílio Dantas, Fabrício Boliveira, Fernando Sampaio, Giovanna Antonelli, Herson Capri, José de Abreu, Kelzy Ecard, Letícia Colin, Luís Lobianco, Luísa Arraes, Marcos Caruso, Nanda Costa, Reynaldo Gianecchini, Rodrigo Lombardi, Roberto Bomfim, Stênio Garcia, Suzana Faini e Vladimir Brichta.

Escrita por João Emanuel Carneiro, com a colaboração de Eliane Garcia, Fábio Mendes e Márcia Prates, a produção conta com direção artística de Cristiano Marques, Dennis Carvalho, Maria de Médicis e Noa Bressane.

É proibida a reprodução do conteúdo do site Noticiasdetv.com, sob pena de ação judicial por crime de violação de direito autoral, previsto na legislação internacional.